Independência considerada como factor principal do desenvolvimento do país

Agostinho Neto

Agostinho Neto
O padre Cândido Icelengue, da paróquia Nossa Senhora da Assunção, considerou hoje, quarta-feira, em Luanda, a conquista da independência nacional, a 11 de Novembro de 1975, como importante para os ganhos alcançados pelos angolanos nos domínios socioeconómico, político e cultural, destacando-se a construção de inúmeras infra-estruturas.

Em declarações à Angop, sobre os ganhos da independência, o religioso frisou que durante os 36 anos foram alcançados ganhos significativos nos domínios da educação, saúde, construção, indústria, comércio, desporto, cultura e agricultura. Lembrou que actualmente é visível a construção e reabilitação de escolas, hospitais e postos de saúde, pontes, estradas, fábricas, caminhos-de-ferro e mercados. Cândido Icelegue frisou que com os ganhos obtidos há 36 anos, o país passou a registar avanços em quase todas as áreas, proporcionando melhores condições de vida às populações. Por outro lado, Cândido Icelengue manifestou a sua satisfação pelo aumento de vários estabelecimentos, principalmente do sector da educação, área importante na formação de quadros que contribuirão no processo de reconstrução e desenvolvimento do país.

Fonte: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA