Governo apoia jovens empreendedores na criação de pequenos postos de trabalho

Jovem numa sala de arte e oficio
Jovem numa sala de arte e oficio

Luanda – A directora do Centro Polivalente de Formação Profissional São Paulo, área formativa número dois, no município do Rangel, Rita Gaspar, informou hoje, nesta cidade, que os formandos depois de terminaram os cursos recebem kits do Governo Provincial de Luanda (GPL) para a criação das suas cooperativas.

Em declarações à Angop, a responsável referiu que a inserção dos mesmos no mercado do emprego tem sido feito através de formadores da instituição que com os seus pequenos negócios dão possibilidade de outros laborarem.

Deu a conhecer que o centro começou a funcionar no mês transacto, tendo informado que provisoriamente estão a formar cerca de 300 jovens nos cursos de cabeleireiro, corte e costura, decoração, restauração, alfabetização, barbearia, culinária e pastelaria.

Explicou que o número de formandos inscritos não é exacto pelo facto de diariamente receberem muitas solicitações para ingresso na instituição de novos alunos, mas que por falta de espaço ficam na lista de espera.

Adiantou que no centro os candidatos procuram mais pelos cursos de cabeleireiro, decoração, culinária e pastelaria.

O imóvel, reabilitado e ampliado de forma faseada, em 2010, orçou em mais de 15 milhões de dólares norte-americanos.

Está composto por cinco blocos, nomeadamente salão social e suas áreas de apoio, salão de exposição, áreas de formação profissional, refeitório e casa do administrador.

Fonte: Angop

Foto: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA