Federação recebeu verbas para o torneio de Londres

Deca-campeãs já têm asseguradas as verbas para custear participação no evento
Deca-campeãs já têm asseguradas as verbas para custear participação no evento

O presidente da Federação Angolana de Andebol, Pedro Godinho, confirmou, em Luanda, a disponibilização de parte do dinheiro pelo Ministério da Juventude e Desportos para custear a participação da selecção nacional sénior feminina no Test Event, que decorre entre 23 e 27 deste mês, em Londres.
Em declarações à Angop, Pedro Godinho reconheceu o empenho do titular dos desportos, Gonçalves Muandumba, que tudo fez para desbloquear as verbas para suportar as despesas no torneio de preparação para o Mundial deste ano, que se disputa no Brasil.
Pedro Godinho afirmou ter garantia de que a verba restante é desbloqueada após a partida da selecção para o London Handball Cup (Test Event).
“Confirmo a recepção de parte das verbas para comprar os bilhetes de viagem da selecção com rota Luanda-São Paulo-Londres. Também reconheço o empenho e dedicação do ministro, que tem feito grandes esforços para solucionar o assunto.
Depois da equipa partir, fica por resolver a outra parte do total das verbas”, disse.
Depois do início do estágio em Benguela, onde disputaram o torneio alusivo ao aniversário do MPLA, as comandadas de Vivaldo Eduardo deixam Angola segunda-feira. O “sete” nacional regressou ontem de Benguela.
A equipa técnica pretendia fazer um estágio em França, mas foi cancelado por razões financeiras.

Devem participar do estágio as seguintes 16 atletas: Odete Tavares, Cristina Branco, Neide Barbosa, Carolina Morais, Joelma Viegas, Azenaide Carlos, Rossana Quitongo, Isabel Fernandes, Bombo Calandula, Matilde André, Natália Bernardo, Marcelina Kiala, Luísa Kiala, Nair Almeida, Isabel Guialo e Elzira Barros.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

 

DEIXE UMA RESPOSTA