Em Nice, Fórum dos Povos promete enfrentar o G20

Segurança reforçada na região de Cannes conta com 12 mil policiais.
Segurança reforçada na região de Cannes conta com 12 mil policiais.

ONGs, sindicatos, associações, organizações partidárias de esquerda e ecologistas farão da cidade de Nice, no sul da França,  o palco do Fórum dos Povos, o Contra-G20. O evento acontece em paralelo à Cúpula de líderes do G20, que acontece na quinta-feira e na sexta-feira no município vizinho de Cannes.

Do dia 1 ao 4 de novembro, os antiglobalização programaram protestos, conferências, debates e performances midiáticas. Muitos deles começam a chegar nesta segunda-feira à Nice vindos de diversos países para essa mobilização contra a dívida, a crise econômica na zona do euro e o sistema fiscal e seus paraísos.
Na terça-feira, uma manifestação no centro da cidade deve reunir 10 mil pessoas. Na quinta-feira, um protesto irônico acontece na entrada do Principado de Mônaco. Com champanhe, os militantes pretendem chamar a atenção para os paraísos fiscais, que o G20 de Londres, em 2009, prometeu combater.

Já Cannes, a cidade do cinema e da jet set internacional, será a partir desta segunda-feira à meia-noite até sexta-feira transformada em uma fortaleza totalmente reservada às delegações, aos jornalistas e aos moradores.

A França se prepara para sediar a maior cúpula internacional de sua história. Para receber os vinte chefes de estados das principais economias mundiais, o governo francês, que está na presidência do grupo dos vinte, conta com um poderoso esquema de segurança. Cerca de 12 mil homens farão a proteção do local, enquanto atiradores serão posicionados ao longo dos trajetos utilizados pelos presidentes. Durante a reunião, eles serão todos concentrados em apenas quatro hotéis de luxo dentro de uma zona de segurança máxima.

Os principais pontos de acesso à cidade serão fechados e a circulação mesmo de moradores será controlada por carteiras de identificação nominais. Até o retorno das férias escolares, previsto para essa semana na França, em Cannes foi adiado para a próxima segunda-feira.

 

Luiza Duarte

Fonte: RFI

Foto: REUTERS/Eric Gaillard

DEIXE UMA RESPOSTA