Comissão averigua alegadas irregularidades no sector da Justiça

Ministra da Justiça, Guilhermina Prata
Ministra da Justiça, Guilhermina Prata

Luanda – A ministra da Justiça, Guilhermina Prata, criou, em despacho, uma comissão de inquérito para averiguação da veracidade de alegações de irregularidades registadas no concurso público de ingresso de funcionários neste sector em 2011.
O despacho, a que a Angop teve acesso hoje, terça-feira, em Luanda, indica que a comissão é integrada por Carla Salvador, Stela da Silva Aniceto, Benvindo
Correia e David Locke, respectivamente directora-adjunta do gabinete da ministra, técnica do gabinete de inspecção, técnico do gabinete da ministra, e
chefe de departamento provincial dos registos da delegação provincial da Justiça de Luanda.
A referida comissão está orientada no sentido de no prazo de 30 dias apresentar à titular do sector o relatório conclusivo, bem como as propostas da medida a adoptar em função do apurado.
O inquérito é instaurado, de acordo com o despacho, datado de 8 de Novembro, pelo facto deste departamento ministerial ter recebido inúmeras reclamações de cidadãos que participaram do concurso público de ingresso referente ao ano 2011.
A acção em causa visa garantir transparência na gestão administrativa e reforçar a credibilidade dos cidadãos nas instituições públicas.

 

Fonte: Angop

Foto: Angop

 

DEIXE UMA RESPOSTA