Ler Agora:
Cobalt com prejuízos no terceiro trimestre
Artigo completo 2 minutos de leitura

Cobalt com prejuízos no terceiro trimestre

Cobalt International Energy, Inc

A Cobalt International Energy, Inc. anunciou terça-feira ter registado prejuízos da ordem dos USD 47 milhões, (USD 0,12 por acção) no terceiro trimestre de 2011, valor que compara com o prejuízo de USD 35 milhões (USD 0,10 por acção) apurado no terceiro trimestre de 2010. Estes resultados incluem USD 29 milhões em encargos associados às despesas de perfuração nos poços Criollo e Bicuar.

As despesas efectuadas no trimestre que terminou a 30 Setembro ascenderam a aproximadamente USD 60 milhões, elevando-se a USD 93 milhões se contabilizadas desde o início do ano. O aumento nos gastos trimestrais em comparação com os seis primeiros meses de 2011 ficou a dever-se ao início das operações do programa de perfuração no âmbito da camada de pré-sal do offshore angolano. Em 2011, a Cobalt prevê investir entre USD 170 milhões e USD 190 milhões, dependendo o montante final principalmente do reinício das actividades de perfuração no Golfo do México.

No final do terceiro trimestre, as ‘despesas de caixa’, as ‘despesas equivalentes de caixa’ e os investimentos da Cobalt ascenderam a cerca de USD 1,62 biliões. Este valor inclui cerca de USD 339 milhões afectos a operações futuras e colaterais em cartas de crédito, mas exclui cerca de USD 196 milhões do fundo de perfuração da TOTAL para o Golfo do México. A Cobalt afirma dispor de recursos suficientes para executar o seu plano de exploração assim como o seu programa de avaliação, incluindo as despesas relacionadas com o Bloco 20 no offshore angolano, até o final de 2013.

Refira-se que a Cobalt é a operadora do Bloco 21 no offshore angolano, onde detém uma participação de 40%. Por outro lado, já recebeu em nome dos seus parceiros no Bloco 20 as aprovações necessárias para operar, tendo iniciado a aquisição de aproximadamente 4.200 quilómetros quadrados de dados sísmicos 3D neste último bloco. A Cobalt International Energy Inc, foi fundada em 2005 e é controlada por fundos de ‘privateequity’ da Carlyle, Godman Sachs e outras empresas.

 

Fonte: O País

Foto: O País

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »