Clube Desportivo da Huíla ganha processo na secretaria

Militares da Frente Sul vão disputar acesso à primeira divisão com o Norbetro de Castro
Militares da Frente Sul vão disputar acesso à primeira divisão com o Norbetro de Castro

O Conselho Técnico Desportivo da Federação Angolana de Futebol (CTDFAF) julgou ontem procedente o protesto apresentado pelo Desportivo da Huíla, equipa do Campeonato Nacional da II Divisão, devido à utilização irregular do atleta Paulino Vasco Macuva pelo Nacional de Benguela.
De acordo com o comunicado oficial número 48 da FAF, datado de ontem, o futebolista foi utilizado nas partidas da 15ª, 16ª, 17ª e 18ª jornada do Campeonato Nacional da II Divisão.
Com este resultado administrativo, o clube militar da Huíla ascendeu ao segundo lugar da tabela classificativa da série B do torneio de apuramento ao Girabola-2012, com 29 pontos.
O Nacional de Benguela caiu para o sexto posto, com 18 pontos, e averbou quatro derrotas pela utilização irregular do atleta. O futebolista foi utilizado irregularmente pelo Nacional de Benguela, sem ter cumprido um castigo de suspensão na prova.
Com este desfecho, a formação do Norberto de Castro defronta o Desportivo da Huíla, no torneio da Liguilha, para se apurar a terceira equipa a entrar para o Girabola’2012. O desafio ainda não tem data marcada. Para a definição do campeão nacional da II Divisão, o Atlético do Namibe joga diante do Sporting de Cabinda no dia 27, às 15h30, no estádio da Cidadela.
O sorteio foi realizado quinta-feira no Anfiteatro da FAF. O Sporting de Cabinda foi o primeiro colocado do Grupo A, com 36 pontos e o Atlético do Namibe venceu a série B, com 32.Esta é a primeira vez que se disputa uma partida para definir o campeão da II Divisão.
Com a retirada dos pontos ao Nacional de Benguela e consequente perda do segundo lugar, os adeptos benguelenses vêem frustrada a aspiração de ter um representante na fina-flor do futebol nacional.

António Cristóvão

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

 

DEIXE UMA RESPOSTA