Cientistas franceses rejuvenescem células de pessoas de 100 anos

Cientistas franceses conseguem reverter envelhecimento celular de pessoas centenárias.
Cientistas franceses conseguem reverter envelhecimento celular de pessoas centenárias.

Uma equipe de pesquisadores do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França (CNRS) e do Instituto da Saúde e da Pesquisa Médica (Inserm), dirigida por Jean Marc Lemaitre, da Universidade de Montpellier, conseguiu rejuvenescer células de doadores com mais de 100 anos e provar que o envelhecimento celular pode ser reversível. Reprogramadas in vitro, as células dos doadores encontraram sua juventude e as características de células tronco embrionárias. Outros trabalhos desse tipo já tinham sido desenvolvidos, mas esta é a primeira vez que se consegue este resultado com células de pessoas de idade tão avançada, como nos explica Jean Marc Lemaitre, diretor da pesquisa. Mas segundo o geneticista especialista em envelhecimento celular e dos organismos, da Escola Nacional Superior de Lyon e do Centro Nacional de Pesquisa Científica da França, Hugo Aguilaniu, ainda é muito cedo para sonhar com a eterna juventude.

 

Ana Carolina Peliz

Fonte: RFI

Foto: Flickr/Walmink

DEIXE UMA RESPOSTA