Chefe da diplomacia angolana regressa ao país

Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti
Ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti

Luanda – O ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti regressou este sábado a Luanda, proveniente de Brazaville, República do Congo, onde procedeu à entrega de uma missiva do chefe de estado angolano, José Eduardo dos Santos ao seu homologo Denis Sassou Nguesso.

Segundo uma nota do Ministério das Relações Exteriores (Mirex), enviada hoje, domingo, à Angop, Georges Chikoti trabalhou durante algumas horas naquele país da África central, tendo participado de um encontro a pedido do seu homologo congolês, Basile Ikouebe, onde passaram em revista as relações bilaterais entre os dois países, no quadro da concertação política permanente.
Na ocasião, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Cooperação do Congo reafirmou que o seu país quer maior engajamento das partes, nas acções concretas sobre os sectores da defesa, segurança fronteiriça, agricultura, educação e juventude, no âmbito da comissão mista.
No encontro, em que participaram os ministros da Defesa; Charles Zacarie Boawo e dos Assuntos do Território e Integração, José Rodrigue Ngouonimba, o chefe da diplomacia congolesa disse que os dois países têm de encontrar uma plataforma comum sobre a facilitação de vistos em passaportes diplomáticos e serviços, sobre a livre circulação de pessoas e bens, na preservação da independência e das boas relações de amizade entre os dois países.
Os chefes das duas diplomacias passaram ainda em revista o estado de cooperação bilateral entre os dois países, a luz dos vários acordos rubricados entre os dois governo, e analisaram algumas questões ligadas à organização e estruturação da Comunidade Económica da África Central (CEAC), da qual Angola é membro.
Georges Chikoti reafirmou o interesse de Angla também implementar o modelo de facilitação e de concessão de vistos com a República do Congo, concedendo autorizações em tempo relativamente curto, tendo em atenção a dinâmica das sociedades e o interesse das pessoas verem os seus problemas resolvidos.
Para o efeito, foi criado um grupo técnico que vai reunir-se nos próximos dias, coordenadas pelos embaixadores Joaquim do Espírito Santo – Director para África e Médio Oriente do Mirex, e Daniel Owassa – secretário-geral do Ministério dos Negócios Estrangeiros do Congo.
O embaixador de Angola na República do Congo, Pedro Fernando Mavunza e técnicos superiores do Mirex participaram também do encontro que teve lugar na sede da diplomacia congolesa.
Fonte: Angop
Foto: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA