Campanha de vacinação tenta controlar a doença

Autoridades vão redobrar esforços

Autoridades vão redobrar esforços
Os serviços de saúde pública na província do Cunene notificaram, de Janeiro a Outubro, 105 novos casos de sarampo, três dos quais resultaram em óbitos, afirmou, ontem ao Jornal de Angola, o responsável do sector.
Adelino Kapava disse que grande parte dos casos se regista nos municípios do Curoca, Ombadja e Kwanhama e que as autoridades sanitárias da província têm exercido vigilância epidemiológica nas comunidades rurais para tentar diminuir a propagação da doença
Uma das causas do crescimento do sarampo, lembrou, é o não cumprimento do calendário de vacinação.
“Vamos redobrar as acções de prevenção, com campanhas de vacinação nas várias unidades sanitárias da região mas é necessário a colaboração da população” , referiu.

Fonte: JA

DEIXE UMA RESPOSTA