Ler Agora:
Baleias morrem encalhadas
Artigo completo 2 minutos de leitura

Baleias morrem encalhadas

As equipas de resgate da Nova Zelândia e Austrália estão com dificuldade em salvar as baleias que surgiram no litoral dos dois países e, desde o passado fim-de-semana, morreram mais de 90 animais encalhados.
Entre as baixas consta um grupo de 24 baleias da espécie cachalote, além de duas minke encontradas mortas na Tasmânia. Outras 65 baleias-piloto tiveram o mesmo fim na Nova Zelândia, embora as autoridades australianas tentem, em vão, guiar as últimas sobreviventes de regresso para o mar.
As baleias são comuns na região e duas a três vezes por ano são vistas em enormes grupos. “Uma baleia encalha nas praias quando está doente. Ao emitir um sinal de socorro, atrai outras da sua espécie, já que esses animais possuem uma estrutura de forte coesão de grupo”, disse o especialista Anton van Helden. Outro elemento que contribui para as mortes em massa é o facto de as praias de Farewell Spit, na Nova Zelândia, representarem uma verdadeira armadilha para as baleias, por as águas serem rasas e fazerem com que elas encalhem.
Em 1918 na  Nova Zelândia  morreram, aproximadamente, mil baleias-piloto, naquele que é considerado o pior episódio.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Mota Ambrósio

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »