Arte do pintor Antoninho em “Traços de Sapiência”

Quadro "Kianda" é uma das obras de Antoninho expostas na Associação 25 de Abril
Quadro "Kianda" é uma das obras de Antoninho expostas na Associação 25 de Abril

“Traços de Sapiência” é o tema da exposição de pintura de Antoninho que está patente até ao fim do mês, no espaço da Associação 25 de Abril, em Luanda.
Antoninho expõe 11 quadros pintados a óleo sobre tela, tendo como pano de fundo uma abordagem do quotidiano angolano, com destaque para a figura da mulher angolana, pelo contributo que tem dado na afirmação do país.
Com mais de 22 exposições individuais em Angola e no estrangeiro, em “Traços de Sapiência” o artista revela um percurso com mais de 30 anos, “de arte, luta e persistência”.
Nascido em Luanda, o também escultor disse que algumas das suas obras retratam figuras proeminentes da história angolana, como a Rainha Njinga Mbande, Kalumba e os Axiluanda. “São figuras facilmente identificadas nas obras tornando compreensível a mensagem que transmito”.
António José Aguiar, conhecido artisticamente por “Antininho”, nasceu em Luanda na década de 1960. É desenhador, pintor, escultor, gravador e cenógrafo. Trabalhou em artes gráficas na Imprensa Nacional e é membro fundador da Brigada Jovem de Artistas Plásticos da União Nacional de Artes Plásticas de Luanda.
Colaborou em diversas actividades da Associação Académica de Coimbra, em Portugal, nas diversas vertentes culturais, como membro fundador na Associação Luso-Africana “Ponto nos Ís”, na área cultural e preservação da identidade das minorias na diáspora. Actualmente é membro da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP).

 

Manuel Albano

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Mota Ambrósio

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA