Apoio americano combate rebelião

Joseph Kony líder da rebelião ugandesa (à esquerda) com os seus seguidores
Joseph Kony líder da rebelião ugandesa (à esquerda) com os seus seguidores

Tropas norte-americanas começaram, ontem, a instalar bases no Leste da República Centro Africana, próximo da fronteira com o Congo Democrático e o Sudão, para combater a rebelião chefiada pelo ugandês Joseph Kony, noticiou a France Press.
Numa carta dirigida, em Outubro, ao Congresso, o Presidente norte-americano anunciou ter autorizado o envio de militares para a República Centro Africana para ajudarem as forças da região a combaterem Joseph Kony. Os Estados Unidos anunciaram, no sábado, uma doação de 400 mil dólares em material militar para o Exército daquele país.
Obama, a pedido do Congresso, divulgou, no ano passado, um plano para desarmar o Exército de Libertação do Senhor (LRA), entregar os seus chefes à justiça e proporcionar ajuda humanitária às vítimas.
O LRA começou as acções, em 1988, no Norte do Uganda, mas desde de 2005 está instalado no extremo Nordeste da República Democrática do Congo (RDC), na República Centro-Africana e no Sudão do Sul.

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Afp

DEIXE UMA RESPOSTA