Anunciada segunda fase para actualização do Registo Eleitoral

Ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa
Ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa

Mbanza Kongo – O ministro da Administração do Território, Bornito de Sousa, anunciou hoje (quinta-feira), no município do Kuimba, província do Zaire, a realização no primeiro semestre de 2012 da segunda fase do processo de actualização do registo eleitoral, no âmbito do processo preparatório do pleito do próximo ano.

O governante fez este pronunciamento num encontro que manteve com membros da Administração municipal do Kuimba e representantes de autoridades tradicionais locais, no quadro da sua visita de 24 horas à província do Zaire.

“Alguns partidos políticos e instituições têm estado a levantar preocupações sobre o término do processo de actualização do registo eleitoral a 16 de Dezembro próximo, sem no entanto, atingir pelo menos a cifra de eleitores que participaram no escrutínio de 2008. O senhor Presidente da República, nos termos da lei, irá convocar a segunda fase do registo eleitoral, que poderá ocorrer de Janeiro a Abril de 2012”, esclareceu a propósito.

Informou que ultrapassada a questão que tinha a ver com os meios informáticos utilizados pelos brigadistas, o processo de actualização do registo eleitoral decorre sem sobressaltos em todo território nacional.

O ministro da Administração do Território apelou, no entanto, aos actores sociais e políticos no sentido de continuarem a mobilizar e sensibilizar os cidadãos, em idade eleitoral, para afluírem aos postos de registo, visando actualizar o cadastramento.

Bornito de Sousa esclareceu, por outro lado, preocupações que têm inquietado membros de alguns partidos políticos mormente sobre a eventual “promiscuidade” do órgãos do executivo em tarefas da Comissão Nacional Eleitoral (CNE).

“A Comissão Nacional Eleitoral organiza o processo de eleições, mas há tarefas que o Executivo tem de executar, por a elas estar inerente”, precisou.

Durante a sua estada no Kuimba, Bornito de Sousa, acompanhado pelo vice-governador do Zaire para o sector económico, Francisco Komba, inspeccionou as obras de construção de infra-estruturas sociais para a educação, saúde e serviços administrativos.

A delegação seguiu já para a vizinha província do Uíge, onde vai também avaliar a execução do processo de actualização do registo eleitoral.

 

Fonte: Angop

Foto: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA