Ano de 2011 fica marcado pela redução da mortalidade no país – Ministro da Saúde

Ministro da Saúde, José Van-Dúnem
Ministro da Saúde, José Van-Dúnem

Luanda – O ministro da Saúde, José Van-Dúnem, afirmou sábado que o ano de 2011 fica marcado pelos objectivos e metas traçadas pelo Executivo para a implementação de políticas viradas à saúde, que permitiu reduzir a mortalidade no país.

Ao falar à imprensa, na Gala de Prémios de Investigação Biomedicina, José Van-Dúnem referiu que, entre as políticas, foi possível diminuir a mortalidade materna, a mortalidade infantil e a redução da mortalidade por malária e por tuberculose.

“A seroprevalencia do Sida é um ponto que o Executivo está apostado em baixar para um nível inferior a três. Temos as faculdades de medicina a trabalharem e se reforçarem, para cada vez mais termos quadros a darem todo o seu saber”, explicou.

O responsável sublinhou ainda que foi aprovado um programa com créditos adicionais, para reforçar unidades hospitalares regionais, nas províncias de Cabinda, Huambo, Benguela, Malanje, Huíla e Luanda, que irão complementar actividade de municipalização.

A actividade de municipalização, acrescentou, visa aproximar cada vez mais os serviços de saúde das populações, tendo acrescentando que “o ministério da saúde está apostado na formação de recursos humanos para fazer face aos desafios do futuro”.

O ano de 2011 foi de muita intensidade, positivo, com muito dinamismo dos gestores na área da saúde, tendo aproveitado para agradecer os profissionais da saúde por terem sabido superar algumas dificuldades que foram surgindo nas suas tarefas diárias.

Fonte: Angop
Foto: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA