Ler Agora:
Angola na conferência sobre violência armada
Artigo completo 2 minutos de leitura

Angola na conferência sobre violência armada

Angola participa, de ontem até hoje, na II Conferência Ministerial da Revisão da Declaração de Genebra sobre a Violência Armada, adoptada em 2006, com uma delegação chefiada pelo secretário de estado das Relações Exteriores

Angola participa, de ontem até hoje, na II Conferência Ministerial da Revisão da Declaração de Genebra sobre a Violência Armada, adoptada em 2006, com uma delegação chefiada pelo secretário de estado das Relações Exteriores.
A conferência, organizada pela Confederação Helvética, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), tem como objectivo avaliar os progressos registados na execução da Declaração de Genebra sobre a Violência Armada e Desenvolvimento.
As metas que se pretendem atingir com a realização da conferência são a renovação do empenho político no cumprimento das metas estabelecidas, avaliação do grau de aplicação dos compromissos assumidos, desde 2008, relativos à integração da violência armada na estratégia de desenvolvimento e estabelecimento de plataformas para recolha, avaliação e monitorização de dados e troca de experiências nacionais.
O encontro pretende desenvolver mecanismos concretos para acelerar os objectivos da Declaração de Genebra e definir prioridades para a execução, até 2015, deste documento.
Paralelamente à reunião, estão previstas sessões sobre vários temas, como a gestão quantitativa da violência armada, a integração da prevenção e a redução da violência armada na estratégia de desenvolvimento nacional, o controlo de armas de pequenos porte e calibre, o papel da juventude na prevenção da violência armada e o papel da justiça na prevenção do crime e da violência armada.
O secretário de Estado das Relações Exteriores, Manuel Augusto, faz-se acompanhar, na Conferência, pelo representante permanente de Angola junto da ONU e Organizações Internacionais em Genebra, embaixador Apolinário Correia, e pela directora dos Assuntos Multilaterais do Mirex, Margarida Izata. A Conferência encerra com a adopção do Projecto de Declaração Final.

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: JA

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »