África do Sul comemora 20 anos de internet

A África do Sul comemora neste sábado os 20 anos de seu primeiro e-mail, enviado para a universidade de Rhodes por um programador em Oregon, nos Estados Unidos, inaugurando assim a era da internet no país.
“A linha continua cortada, e as telecomunicações ainda não completaram o teste, mas para os livros de registro este é o primeiro ping (pacote de dados) enviado da América do Norte para a África Subsaariana”, escreveu o programador Randy Bush, há 20 anos.
Ele enviou seu e-mail, a primeira conexão IP, para Jacot Guillarmod e Dave Wilson, na Universidade de Rhodes; Fred Goldstein, na Universidade da Cidade do Cabo; e Alan Barrett, do centro universitário de Kwazulu-Natal. Um evento para coemorar o início da internet na África do Sul será realizado na quinta-feira no centro de computação de Rhodes.
Segundo os dados de 2007 publicados pela União Internacional de Telecomunicações, atualmente cinco em cada 100 africanos possuem internet em casa, e 15% (17 milhões) são usuários de redes sociais, de acordo com a revista África Renewal, publicada pelas Nações Unidas.

A África do Sul conta com 6,8 milhões de usuários de internet, segundo os dados de dezembro de 2010 compilados pelo instituto de pesquisa de telecomunicações sul-africano World Wide Works (WWW). Um estudo elaborado pela mesma organização conclui que 39% da população urbana da África do Sul e 27% da rural se conectam à internet por seus telefones celulares. A África é o mercado de telefonia celular de maior crescimento, segundo a Associação Internacional de Operadores de Telefonia Celular (GSMA).
De acordo com a GSMA, no segundo quadrimestre de 2011 o continente chegou a 649 milhões de conexões. Na África, 93% dos contratos são pré-pagos, e a grande maioria se limita aos serviços de voz, embora se detecte um aumento do uso de internet.

Fonte: Terra

DEIXE UMA RESPOSTA