Ler Agora:
Teatro Bolshoi reabre com noite de gala após seis anos de obras
Artigo completo 2 minutos de leitura

Teatro Bolshoi reabre com noite de gala após seis anos de obras

O Teatro Bolshoi, em Moscou, passou por seis anos de obras e reabre nesta sexta-feira com uma noite de gala

Esta sexta-feira é dia de festa na capital da Rússia, com a reabertura oficial do imponente Teatro do Bolshoi, após 6 anos fechado para obras. O templo da dança e da ópera, construído há mais de 200 anos, corria o risco de desabar. A bailarina brasileira Mariana Gomes conta os destaques da apresentação.

A noite de gala que marca a reabertura do teatro será transmitida ao vivo em um telão na praça em frente ao teatro, com início às 19h no horário local, 13h no horário de Brasília. A apresentação também poderá ser vista na televisão russa, no canal franco-alemão Arte, em cem cinemas do mundo inteiro e ainda no Youtube.

As entradas foram distribuídas apenas para convidados, mas algumas eram vendidas no mercado negro por até 120 mil reais. Os espectadores poderão se encantar com uma seleção de trechos de peças de ballet que deram fama ao local: “O Lago dos Cisnes”, “Yolanda” e a “Valsa” da “Bela Adormecida”, de Tchaïkovski, além de “Dom Quixote”, de Minkus, e “O noivado no convento”, de Prokoviev.

Fugindo da tradição de contratar apenas bailarinos russos, o Corpo de Baile do teatro já conta com três bailarinos brasileiros, que se profissionalizaram na Escola do Bolshoi em Joinville, Santa Catarina: a baiana Mariana Gomes e o casal de namorados recém-chegados a Moscou, a maranhense Bruna Gaglione e o paulista Erick Swolkin.

Há seis anos na Rússia, Mariana diz que será inevitável sentir um friozinho na barriga antes de entrar no novo palco do teatro.

 

Daniela Leiras

Fonte: RFI

Foto: Reuters

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »