Tailândia decreta feriado de três dias em regiões inundadas

Moradores transportam eletrodomésticos após enchentes em Bangkok, na Tailândia.
Moradores transportam eletrodomésticos após enchentes em Bangkok, na Tailândia.

O governo tailandês decretou três dias de feriado para que os moradores de 23 regiões do país se preparem para enfrentar as piores enchentes do país nos últimos anos. Serviços públicos e escolas estarão suspensos de quinta-feira até a próxima segunda.

O fenômeno das monções, que este ano provocou enchentes excepcionais em vários países do sudeste da Ásia, já deixou 900 mortos, sendo 350 na Tailândia.

Há vários dias, as autoridades alertam que o centro de Bangkok poderá ser atingido pelas inundações. A cidade tem 12 milhões de habitantes. Hoje um dos aeroportos nas proximidades da capital foi tomado pelas chuvas, obrigando algumas companhias aéreas a transferir seus voos para o aeroporto internacional.

O principal objetivo das autoridades tailandesas é tentar evitar que a capital, responsável por 41% do PIB (Produto Interno Bruto) do país, seja alagada, como ocorreu com as províncias do planalto central. O Centro de Operações para a Mitigação das Inundações indicou que a maior parte dos canais que passam pela capital registrava seus níveis máximos de capacidade, embora tenha diminuído o fluxo de água que chega desde as 28 províncias do planalto central.

O número de pessoas desabrigadas pelas inundações, as piores ocorridas na Tailândia em 50 anos, chega a 2,5 milhões, além dos mais de 9 milhões de habitantes que foram afetados pelas tempestades.

 

Fonte: RFI

Foto: REUTERS/Chaiwat Subprasom

DEIXE UMA RESPOSTA