Secretaria de Estado anuncia organismo que vai avaliar ensino nas universidades

Executivo anuncia programas para melhorar a qualidade das instituições e concorrer com congéneres de outras regiões africanas
Executivo anuncia programas para melhorar a qualidade das instituições e concorrer com congéneres de outras regiões africanas

O secretário de Estado para o Ensino Superior, Adão do Nascimento, anunciou domingo, em Luanda, que a qualidade e o funcionamento de todas as instituições do ensino superior do país vão ser avaliados pelo Instituto Nacional de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.
Adão do Nascimento, que falava no programa “Espaço público” difundido na Televisão Pública de Angola e na Rádio Nacional de Angola, disse que esta instituição já está a ser estruturada, com mecanismos para desempenhar o seu trabalho, em breve.
“Este órgão está em fase de organização e a ser dotado de quadros capazes e metodologias de funcionamento para alcançar os seus objectivos”, garantiu.
O secretário de Estado garantiu que o Executivo tem programas concretos para melhorar a qualidade do ensino superior do país e poder ombrear com as universidades mais prestigiadas de África e do resto do Mundo.
“Temos de saber identificar onde residem os problemas para depois debelá-los, apontar novos desafios e, desta forma, melhorarmos o ensino superior”, sublinhou Adão do Nascimento, para quem a qualidade de ensino constitui o centro de todas as acções do Executivo.
Em relação à inexistência de universidades angolanas na classificação das melhores instituições de ensino superior no Mundo, Adão do Nascimento disse que nem sempre é feita uma avaliação correcta, em função da falta de dados sobre o país e a ausência de delegações nacionais em fóruns sobre a matéria. “A forma como se avalia essa qualidade é diferenciada de um país para o outro, embora as metodologias possam ser iguais.
No caso de Angola, ainda não há um mecanismo montado para aferir a qualidade de ensino, de acordo com as metodologias consagradas internacionalmente”, esclareceu Adão do Nascimento. O secretário de Estado para o Ensino Superior manifestou a sua satisfação com o ensino praticado no país, considerando que está a melhorar em função das exigências da sociedade.

Adão do Nascimento disse que as exigências da sociedade fazem com que as qualidades técnicas, científicas e tecnológicas sofram mudanças nas instituições do ensino superior do país.
“O mais importante quando se faz a avaliação de uma instituição de ensino superior é saber identificar os problemas, as principais dificuldades, bem como as fraquezas e as forças, para a consolidação dos progressos alcançados e melhorar o trabalho”, referiu.
Nos últimos anos, as universidades públicas e privadas formaram quadros que foram bem aceites no mercado de trabalho, sublinhou.
O secretário de Estado para o Ensino Supeior, Adão do Nascimento, garantiu trabalho nos próximos tempos para garantir qualidade nas instituições de ensino superior, públicas e privadas.

Fonte: Jornal de Angola
Fotografia: JA

DEIXE UMA RESPOSTA