Rumba congolesa contagia público no Weza Paradise

Dr. Noé preferiu a ajuda dos convivas para melhor embalar nas canções de Franco
Dr. Noé preferiu a ajuda dos convivas para melhor embalar nas canções de Franco

O público que se deslocou no último domingo ao Complexo Turístico Weza Paradise para ver, mais uma vez, os artistas angolanos prestarem tributo aos músicos congoleses FrancoDrNico,Rochereau e Vicky Longomba, certamente que, durante muito tempo, se vão recordar dos bons momentos ali vividos ao som da rumba congolesa, que os contagiou. Outra nota de realce vai para a organização do espectáculo, que se apurou até nos mais pequenos detalhes, da selecção dos convidados até aos quitutes da terra. Para animação foi chamada a banda Olímpia, que acompanhou de modo impecável os artistas Glória, Pira Kanda,Mandy StarTeddySamanguana e Dr. Noé, este último um verdadeiro intérprete das músicas de Franco. Descontraído, ele desceu do palco e junto da assistência cantou “Ngai tembe eleka”, “Tel père, Tel fils” e “Bato ja Mabe”, todas músicas de Franco. Pela sua performance, o público não resistiu a um pé de dança. Já a jovem cantora Gigi, uma das promessas da música jovem angolana, espalhou todo o seu talento em palco ao interpretar dois temas de Pongo Love. Valeu a homenagem aos nossos vizinhos.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Dombele Bernardo

 

DEIXE UMA RESPOSTA