Ler Agora:
Prémio Ibrahim 2011 atribuido ao ex-presidente de Cabo Verde Pedro Pires
Artigo completo 2 minutos de leitura

Prémio Ibrahim 2011 atribuido ao ex-presidente de Cabo Verde Pedro Pires

Ex- Presidente Pedro Pires

Londres- O ex-presidente cabo-verdiano, Pedro Pires, recebeu o prémio Ibrahim 2011 “de boa governação ” em África, o prémio mais rico do mundo com cinco milhões de dólares durante dez anos e 200.000 dólares por ano, anunciou hoje (segunda-feira) a Fundação Mo Ibrahim em Londres, citada pela AFP.

O comité de atribuição do prémio ficou “impressionado ” pela acção do presidente  Pedro Pires “que conduziu a transformar o seu país a um modelo de democracia, de estabilidade e de desenvolvimento”, segundo um comunicado da Fundação.

“Durante os seus dez anos de presidência (de 2001 à 2011), o Cabo Verde tornou-se um dos dois países africanos a sair da categoria de países menos avançados (PMA) estabelecida por Nações unidas requerendo o reconhecimento da comunidade internacional pelos resultados alcançados em matéria de direitos do Homem e de governação “, acrescenta a Fundação.

O comité de atribuição do prémio também saudou o feito que o presidente Pires havia negado “categoricamente” de modificar a constituição para alcançar um eventual terceiro mandato em 2011.

O prémio, criado por  Mo Ibrahim, um rico empresário sudanês das  telecomunicações, recompensa um chefe de Estado ou de governo africano subsahariano, que deixou as suas funções no decurso de três últimos anos, pelo seu trabalho no interesse do público ou pela acção acção de caridade.

O prémio não foi atribuído em  2010 e 2009, o júri não havia encontrado pessoas com requisitos para ser laureada.

Pedro Pires sucede assim o antigo presidente do Botswana, Festus Mogae, que havia recebido o prémio em 2008, e o Joaquim Chissano, o antigo presidente  de Moçambique, o primeiro laureado em 2007. O antigo presidente sul africano, Nelson Mandela, ícone da luta contra o apartheid, havia igualmente sido laureado (honorário) do prémio em  2007.

Fonte: Angop

Fotografia: Angop

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »