Ler Agora:
Novos responsáveis tomam posse
Artigo completo 3 minutos de leitura

Novos responsáveis tomam posse

Os novos membros do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC) tomaram posse ontem

Os membros do novo conselho de administração do Banco Poupança e Crédito (BPC) tomaram ontem posse na sua sede, em Luanda.
Paixão António Júnior foi reconduzido no cargo de presidente daquele conselho de administração, que vai dirigir os destinos da instituição nos próximos quatro anos.
Tomaram ainda posse, como administradores, Maria da Silveira, Rosa Correia Victor, João Freire e Rosário Jacinto.
Em representação do ministro das Finanças, o secretário de Estado do Tesouro, Manuel Costa, disse à imprensa que o BPC desempenha um papel importante no sistema bancário, enquanto órgão público.
Manuel Costa referiu que a estratégia de desenvolvimento do sistema financeiro, aprovada recentemente pelo Executivo angolano, prevê o aumento da actuação do BPC em todo o país.

A estratégia do Executivo em relação ao BPC inclui o desenvolvimento de programas que tornem mais eficaz a sua actuação no mercado financeiro e uma maior contribuição na redução da pobreza.
O presidente do Conselho de Administração do BPC, Paixão Júnior, disse que o banco pretende inaugurar, ainda este ano, mais 25 balcões para suprir a carência de agências nos municípios e pequenas localidades do país.
“Temos recebido muitas solicitações das populações para abertura de balcões nas localidades. Por isso, vamos, ainda este ano, abrir mais 25 balcões”, afirmou.Paixão Júnior admitiu que a cobertura do sistema bancário no país é ainda deficiente e considerou crucial que as instituições continuem a apostar na construção de mais agências para cobrir todo o território.
“A política de expansão é parte integrante da estratégia do banco. A nossa intenção é aproximar cada vez mais os clientes da instituição”, realçou. O BPC desenvolve um programa de desenvolvimento aprovado em 2008. “No próximo encontro de quadros, que acontece em 2013, vamos avaliar e fazer alguns ajustamentos à nossa estratégia”, adiantou Paixão Júnior.
O PCA do BPC afirmou que vai dar sequência às estratégias e projectos em curso, dentre os quais destacou o crédito de campanha agrícola, o crédito de investimento ao sector agrícola e o de desenvolvimento do comércio nas áreas rurais :“Os recursos para o projecto de desenvolvimento do comércio rural já estão em nossa posse e vamos implementar nas províncias do Huambo e Benguela e estender também ao Bié e Huíla”, referiu.
Paixão Júnior garantiu que a instituição financeira vai cumprir com responsabilidade e de forma escrupulosa a estratégia do Executivo para o desenvolvimento das regiões mais sacrificadas pela guerra.

 

NATACHA ROBERTO

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Domingos Cadência

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »