Novo balcão aberto na cidade do Uíge

A abertura do balcão do Banco Comercial Angolano vai proporcionar um melhor atendimento aos clientes da cidade do Úige
A abertura do balcão do Banco Comercial Angolano vai proporcionar um melhor atendimento aos clientes da cidade do Úige

Um balcão do Banco Comercial Angolano foi aberto quarta-feira para atender os clientes na cidade do Uíge.
O vice-governador provincial para o sector económico e produtivo, que procedeu à inauguração do primeiro balcão do BCA na província, disse que o surgimento de mais um Banco, no Uíge, é sinal de que a província tem um grande potencial económico a ser explorado.
Manuel Correia Victor valorizou a instalação de bancos na província, por serem instituições que ajudam a organizar a actividade comercial, facilitando o acesso ao crédito, um estímulo à criação de empresas, que impulsionam o processo de desenvolvimento da província do Úige.
O presidente da Comissão Executiva do Banco Comercial Angolano, Filipe Martins, afirmou, na ocasião, que os serviços do BCA, na província do Uíge, surgem da vontade daquela instituição bancária participar no desenvolvimento da região. Além de aumentar a oferta de serviços bancários, o BCA vai trabalhar, de preferência, com as pequenas e médias empresas, acrescentou.
“A população desta região tem vocação para o comércio e nós trazemos muitas soluções financeiras”, referiu, prometendo que o banco vai conquistar a confiança das populações da cidade do Uíge oferecendo segurança às suas poupanças e a garantia de créditos com juros baixos.
“Somos um banco cuja política é crescer ao lado do empresariado local, estimulando o surgimento de pequenas e médias empresas”, disse o presidente da Comissão de Executiva do BCA.
O Banco Comercial Angolano deu início, na quinta-feira, à campanha promocional de abertura de contas dos seus potenciais clientes, que necessitam apenas de pagar 100.00 para os devidos efeitos, como está estipulado na Lei.

A província do Uíge conta já com balcões do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Banco de Fomento Angola, Banco Internacional de Crédito (BIC), BAI, SOL e o Banco Comercial Angolano. A presença desses seis bancos promove a diversificação dos serviços e competências bancárias. O BCA gastou 500 mil dólares americanos para reabilitar as suas instalações.
O Banco Comercial Angolano existe há 12 anos e prevê inaugurar, até ao final deste ano, mais dois balcões, um na província do Huambo e outro em Luanda, perfazendo uma rede de 25 agências bancárias instaladas em diferentes localidades do país.

 

Nicodemos Paulo|Uíge

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Filipe Botelho

DEIXE UMA RESPOSTA