Morreu Steve Jobs, fundador da Apple

Steve Jobs
Steve Jobs

NOVA YORK (AFP) – Apple anunciou que seu fundador e visionário Steve Jobs faleceu nesta quarta-feira, aos 56 anos, ao final de uma longa luta contra o câncer.

“Estamos profundamente tristes por anunciar que Steve Jobs morreu hoje”, diz um comunicado da direção da empresa. “O brilho de Steve, sua paixão e energia foram fonte de incontáveis inovações que enriqueceram e melhoraram nossas vidas. O mundo é imensamente melhor devido a Steve”.

“Seu grande amor era sua mulher, Laurene, e sua família. Nossos corações estão com ele e com todos que foram alcançados por seus extraordinários talentos”, destaca a Apple.

O diretor-geral da Apple, Tim Cook, disse que o grupo “perdeu um visionário e um criador genial, e o mundo perdeu um ser humano incrível”.

Nascido em San Francisco no dia 24 de fevereiro de 1955, Steve Jobs enfrentava problemas de saúde há vários anos. Em 2004, teve identificada uma forma rara de câncer de pâncreas, e realizou transplante de fígado em 2009.

No dia 24 de agosto passado, visivelmente abatido pela doença, Jobs anunciou sua demissão do cargo de diretor-geral da Apple, entregue ao então número dois do grupo de informática, Tim Cook.

“Sempre disse que quando chegasse o dia em que eu não pudesse mais cumprir com meus deveres e com as expectativas como diretor de Apple eu seria o primeiro a me manifestar”, escreveu Jobs na época.

Jobs fundou a Apple em 1976, aos 21 anos, junto de Steve Wozniak, na garagem da casa de seus pais.

Sob seu comando, a empresa introduziu os primeiros computadores Apple e mais tarde o Macintosh, que ficou muito popular na década de 1980.

Entre as inúmeras inovações da Apple está o “mouse”, criado para facilitar aos usuários a ativação de programas e a abertura de arquivos.

Casado em 1991, em uma cerimônia presidida por um monge budista, Jobs deixa três filhos com a esposa, e uma filha com uma mulher que conheceu antes do matrimônio.

 

Fonte: AFP

Foto: ©AFP / Ryan Anson

DEIXE UMA RESPOSTA