Moralização das famílias é defendida pelo governo

A foto documenta o momento em que Cândida Narciso cortava o bolo alusivo à efeméride
A foto documenta o momento em que Cândida Narciso cortava o bolo alusivo à efeméride

A governadora da Lunda-Sul, Cândida Narciso, defendeu quarta-feira, na cidade de Saurimo, a promoção de debates radiofónicos, com o envolvimento de mais velhos, em torno do fenómeno feitiço, para a moralização das famílias, de modo a garantir a segurança das futuras gerações.
Falando num acto alusivo aos 35 anos do Grupo Rádio Nacional, assinalados dia 5, Cândida Narciso enalteceu o desempenho dos seus profissionais na abordagem de matérias sobre o quotidiano das comunidades, sobretudo àquelas ligadas aos fenómenos que concorrem para a desagregação e intranquilidade das famílias. Também presente no acto, o Arcebispo de Saurimo, Dom José Manuel Imbamba, referiu que a crença no feitiço evidencia a deficiência dos professores na transmissão de conhecimentos, que permitam aos alunos edificarem bases seguras, para um crescimento com “outra mentalidade”.
O director da emissora provincial da Lunda-Sul, Abel Edgar Uaca, enalteceu o engajamento do governo provincial para a concretização dos seus projectos, nomeadamente a reconstrução de centros emissores e a aquisição de duas emissoras de dez e 25 Kilowatt, que aguardam apenas pelos técnicos para o seu arranque.

Camuanga Júlia | Saurimo

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Camuanga Júlia

 

DEIXE UMA RESPOSTA