Moody’s rebaixa notas de nove bancos portugueses

Portugal e ao corte da avaliação da dívida soberana daquele país em julho.

A Moody’s rebaixou em um ou dois níveis a dívida e as notas de crédito de nove bancos portugueses, além dos ratings independentes de seis deles.

A agência afirmou esperar uma deterioração adicional da qualidade dos ativos domésticos dos bancos portugueses pela expectativa de fraco crescimento econômico e pelas medidas de austeridade do governo, bem como aperto de liquidez devido à falta de acesso a financiamento global.

Portugal está aumentando impostos e realizando cortes de gastos da ordem de 78 bilhões de euros sob o plano de resgate da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) para fortalecer suas finanças e restaurar a confiança dos investidores.

Os seis bancos que sofreram rebaixamento da nota de dívida e de crédito foram Caixa Geral de Depósitos, Banco Comercial Português, Banco Espírito Santo, Banco BPI, Banco Santander Totta e Caixa Económica Montepio Geral.

Banco Internacional do Funchal e Banco Português de Negócios tiveram suas notas de dívida e crédito rebaixadas em consequência do risco soberano português. O rebaixamento do Espírito Santo Financial Group seguiu a avaliação mais baixa de sua empresa operadora, o BES.

(Por Neil Fullick)

Fonte: Reuters

 

DEIXE UMA RESPOSTA