Ministro da Defesa exorta para postura responsável na gestão de fundos

Ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira Van-Dúnem
Ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira Van-Dúnem

Luanda – O ministro da Defesa Nacional, Cândido Pereira Van-Dúnem, exortou hoje, quinta-feira, em Luanda, os dirigentes e responsáveis do seu pelouro e das Forças Armadas Angolanas a assumirem uma postura responsável na gestão dos fundos do Estado.

O titular da pasta da Defesa fez esta exortação quando discursava hoje no acto de abertura do II seminário metodológico dos órgãos do sistema de Inspecção da Defesa Nacional que vai decorrer até sexta-feira.

“A gestão dos fundos do Estado deve ser feita no interesse da defesa da Pátria e nunca à favor de interesses próprios”, lembrou o governante.

Disse que a acção da Inspecção-geral da Defesa Nacional (nova designação da anterior Inspecção-geral da FAA) deve ser redobrada, de modo a que os prevaricadores sejam denunciados e responsabilizados criminalmente perante os órgãos de justiça nacional.

Para Cândido Van-Dúnem, a inspecção geral das FAA é definitivamente uma designação redutora, já que este órgão tem um âmbito de atribuições cujo raio de acção cobre não apenas as Forças Armadas Angolanas, mas também, o próprio Ministério da Defesa Nacional, órgão em que se integra.

O titular da pasta, referiu que, pela pertinência dos temas a serem abordados e perfil e qualidade dos prelectores indicados, a expectativa é que o seminário atinja os objectivos preconizados.

“Auguramos que este encontro traga um acréscimo de conhecimentos e melhores ferramentas para um contínuo aperfeiçoamento do desempenho de todos os inspectores e gestores do Ministério da Defesa Nacional e das FAA”, destacou.

O encontro, que decorre  na sala de conferências do Comando do  Exercito, visa  sensibilizar os gestores sobre a importância da correcta gestão dos recursos postos a sua disposição, realçar a importância dos órgãos de controlo e fiscalização nas instituições e órgãos de defesa nacional.

Dotar os participantes de conhecimentos inerentes à pratica de investigação e procedimentos a adoptar durante a realização das acções é outro objectivo.

Participam no seminário oficiais generais, superiores e capitães ligados aos serviços de inspecção da defesa nacional.

Estão presentes no seminário os inspectores das Forças de Defesa da África do Sul, Mxolisi Edward, do Uganda, Ivan Koreta, e da República do Congo,  Norbert Dabira,

Os debates e conferências que vão decorrer até ao fim da tarde de hoje são orientados pelo Inspector Geral das fAA, general  Rafael Sapilinha “Sambalanga”.

 

Fonte: Angop

Fotografia: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA