Milhares de eleitores acorrem por dia aos postos de actualização do registo

Brigadas estão a ter muito trabalho à medida que se aproxima o término do processo
Brigadas estão a ter muito trabalho à medida que se aproxima o término do processo

Em média, oito mil eleitores são atendidos diariamente pelas 29 brigadas que se ocupam da actualização do registo eleitoral na província da Huíla, informou ontem, no Lubango, o director provincial dos Registos, António Venâncio.
Em declarações à imprensa, para fazer o balanço do processo em curso desde 29 de Julho, António Venâncio garantiu que o processo corre com normalidade, embora admita a existência de algumas dificuldades ligadas aos meios de trabalho disponíveis.
Disse que o número de computadores, máquinas fotográficas e impressoras entregues pela Comissão Nacional Eleitoral é insuficiente para atender os 14 municípios que compõem a província da Huíla.
A direcção local dos Registos, disse, colocou já esta preocupação aos órgãos superiores, tendo acrescentado que, hoje mesmo, se desloca a Luanda, à frente de uma delegação, para encontrar soluções do problema.
António Venâncio anunciou que mais três entidades registadoras são instaladas no município de Quipungo para dar cobro à demanda, perfazendo um total de 31 brigadas em toda a província.

Porto Amboim

Até ontem, 5.466 cidadãos procederam à actualização dos seus dados eleitorais e efectuaram o registo pela primeira vez, no município do Amboim, província do Kwanza- Sul, desde que arrancou o processo, a 29 de Julho.
O chefe da comissão executiva municipal para o processo eleitoral, Miguel Sabalo Alfredo, que revelou ontem o facto à imprensa, referiu que, do número, 3.674 actualizaram as suas informações no sistema e 1.792 jovens registaram-se pela primeira vez.
Até ao momento, segundo dados da Comissão Provincial para o registo eleitoral, perto de 17 mil eleitores procederam já à actualização do registo eleitoral na província do Kwanza-Sul.  Para o processo, estão mobilizadas 12 brigadas, das quais três móveis na Cela, Sumbe e Quibala, assim como 85 brigadistas, distribuídos em dez municípios, excepto Libolo e Mussende.
Até final de Dezembro, as autoridades registadoras da província prevêem cadastrar 500 mil eleitores, dos quais oito mil novos.

Novos eleitores

No Uíge, entre 29 de Julho e segunda-feira, foram recenseados 32.884 eleitores, revelou, na terça-feira, o director provincial dos Registos.
Avelino Martins, que fez a revelação numa reunião de balanço do registo eleitoral, referiu que 6.995 eleitores se recensearam pela primeira vez e que 34 brigadas, das 36 previstas, asseguram o processo em toda a província.
Nesta altura, afirmou, aguarda-se pela instalação de duas brigadas móveis, que vão permitir que os residentes nas zonas mais recônditas possam fazer o registo.
Desde o início da actualização do registo eleitoral, disse, tem havido grande adesão graças às campanhas realizadas pela comissão executiva provincial para o Processo Eleitoral, governo da província, partidos políticos, Igrejas, administrações municipais e comunais e autoridades tradicionais.
O registo eleitoral, afirmou, é indispensável para o exercício da voto e porque a lei prevê a actualização anual, pedimos a todos os que completam 18 anos até Dezembro que façam o recenseamento e aos outros que o confirmem e escolham o local onde pretendem votar nas próximas eleições.
No encontro, que juntou chefes de departamentos, técnicos da CEPPE, coordenadores municipais, responsáveis pela organização e estatística de todos municípios da província, os participantes analisaram também, entre outros assuntos, o funcionamento das brigadas, a informação estatística, logística e transportes, intervenção nas zonas de difícil acesso, comunicação e educação cívica, a prontidão e o suporte administrativo.

Miss no Moxico

Miss Moxico 2011, Vanuza Rodrigues, e as 1ª e 2ª damas de honor, Mariza Gaiato e Palmira Salvador, actualizaram, ontem, no Luena, os registos eleitorais. A Miss afirmou que o registo é um compromisso com a paz e com a democracia, o que levou a actualizar os dados para votar nas próximas eleições.
“Agora estou habilitada a escolher os dirigentes que vão conduzir os destinos do país”, disse, exortando os jovens, com mais de 18 anos, que ainda não o fizeram, a fazerem o que ela fez.
Vanuza afirmou que em 2012 vai participar em projectos de apoio a pessoas com VIH/SIDA e tuberculose e às que regressam da Zâmbia e do Congo.  A Comissão Provincial de Registo Eleitoral no Moxico prevê registar mais de 20 mil novos eleitores que se vão juntar aos 247.198 recenseados entre 2006 e 2010.

Kuando-Kubango

Desde o início da fase de actualização do registo eleitoral, em 29 de Julho, nos municípios de Menongue, Cuchi e Cuito Cuanavale foram recenseados dois mil eleitores., disse, ontem, o director provincial de registos.
No mesmo período, afirmou, 2.800 cidadãos solicitaram a alteração do local de votação e 2.500 adquiriram segundas vias do cartão de eleitor. Augusto Direito referiu que no Kuando-Kubango há cem brigadistas distribuídos 20 brigadas e que, tendo em conta as dificuldades de acesso, o governo provincial e o Ministério da Administração do Território garantiram o apoio para os municípios de Rivungo, Mavinga e Nankova não ficarem de fora desta operação.
Logo que haja meios de transporte, recursos humanos, logísticos, técnicos e materiais disponíveis, garantiu, as brigadas deslocam-se àqueles municípios.
O mesmo vai ser feito, pelas mesmas razões e pela distância a que está da sede municipal, em relação à Jamba/Luyana, no Rivungo.
O director provincial de registos do Kuando-Kubango declarou que o aumento de registos se deve às acções de sensibilização realizadas pelos partidos políticos, autoridades tradicionais e religiosas e a outros actores sociais.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Arimateia Baptista

DEIXE UMA RESPOSTA