IPV6 permite maior capacidade de implementação do sistema tecnológico-considera especialista

Presidente da Associação Angolana dos Provedores de Serviços de Internet, Sílvio Almada
Presidente da Associação Angolana dos Provedores de Serviços de Internet, Sílvio Almada

Luanda – O secretário-geral da Associação Angolana dos Provedores de Serviços de Internet, Leonel Augusto, considerou hoje (segunda-feira), em Luanda, que o sistema IPV6 trará vantagens por suportar mais caracteres que a versão anterior e permitirá maior capacidade de implementação do sistema tecnológico.

Em declarações à Angop, à margem do seminário e workshop “IPV6/LIR”, Leonel Augusto disse que haverá necessidade de se criar uma nova versão que garanta muito mais implementação do protocolo de Internet V6 e maior capacidade em termos de números e endereços.

O responsável considera importante que os provedores sigam a evolução tecnológica, pois a versão 4 deixará de existir, razão pela qual devem usar equipamentos na base da nova versão.

O especialista considera que o intercâmbio entre gestores de vários países dará uma nova panorâmica ao mundo tecnológico, bem como será dirigido a engenheiros técnicos seniores/especialistas que vão fazer as configurações e alterações dos sistemas.

Afirmou razoável a actuação dos provedores de serviços de Internet, pois têm dado resposta as solicitações que os mercados apresentam.

O Protocolo Internet, o IPv4, foi desenvolvido no início de 1980 e serviu a comunidade global da Internet por mais de três décadas.

O IPv4 tinha uma capacidade de apenas quatro biliões de endereços IP, suficiente para a experiência que a Internet iniciou em 1980. Já o IPV6 terá 7 biliões de endereços ip.

Fonte: Angop

Foto: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA