Interclube aborda Afrotaças

Polícias esperam criar vantagem na disputa do apuramento para a final continental
Polícias esperam criar vantagem na disputa do apuramento para a final continental

A equipa principal de futebol do Interclube começa hoje os trabalhos de preparação, às 8h30, no estádio 22 de Junho, com vista ao desafio com o Maghreb Association Sportive de Fès do Marrocos (MAS), no próximo domingo à tarde em Luanda, referente à primeira “mão” das meias-finais da Taça Nelson Mandela.
António Caldas, técnico do conjunto da Polícia Nacional, vai recuperar os jogadores devido ao desgaste do jogo de domingo à tarde no estádio dos Coqueiros, para as meias-finais da Taça de Angola.
O corpo técnico começa a projectar apenas amanhã, na segunda sessão de treino, as situações de jogo para vencer os adversários.
Os atletas da formação do Rocha Pinto estão moralizados e pretendem vencer o jogo diante dos marroquinos para encararem o desafio da segunda “mão” sem qualquer empecilho.   Para chegar às meias-finais, o Interclube ocupou a segunda posição da tabela classificativa do Grupo A com dez pontos, atrás do Club Africain da Tunísia com 11.
Na fase de grupos da competição, o conjunto do Rocha Pinto teve três vitórias, um empate e duas derrotas com o Club Africain da Tunísia e o ASEC Mimosas de Abidjan (Costa do Marfim).
Os marroquinos são aguardados em Luanda na quinta-feira à tarde e ficam alojados no Hotel Victoria Garden, no município do Kilamba-Kiaxi.
Na sexta-feira, a equipa do MAS realiza a primeira sessão de treino no recinto de apoio ao estádio 11 de Novembro, na comuna da Camama.

A equipa de Marrocos efectua o treino de adaptação à relva do estádio 22 de Junho, no sábado, à hora da partida.
O conjunto marroquino tem uma média de idade de 30 anos, 1,81m de altura e 73 quilogramas.

 

António Cristóvão

Fonter: Jornal de Angola

Fotografia: Mota Ambrósio

DEIXE UMA RESPOSTA