Ler Agora:
Hoje é Dia Mundial do Comissário de Bordo
Artigo completo 3 minutos de leitura

Hoje é Dia Mundial do Comissário de Bordo

A profissão de comissário de bordo ou aeromoça surgiu em 1930

Luanda   – Comemora-se hoje, 31 de Outubro, o Dia Mundial do  Comissário de Bordo ou Assistente de Bordo, em homenagem ao surgimento da profissão, em 1930.   A profissão de comissário de bordo ou aeromoça surgiu em 1930, devido a reivindicação de uma mulher enfermeira, Ellen Church,  apaixonada pela aviação e impossibilitada de  pilotar uma aeronave por ser mulher.

Por este motivo, Ellen Church propôs a Boeing Air Transport que colocasse enfermeiras a bordo dos aviões para cuidar da saúde e segurança dos passageiros durante o voo.

 A Boeing Air Transport, que era até então uma linha aérea e fabricante de aeronaves, contratou oito enfermeiras por um período de experiência de três meses.   Essas novas assistentes, que foram chamadas de “aeromoças” logo se tornaram  parte integral de todas as linhas aéreas. Elas não precisavam mais ter formação em enfermagem, mas o carácter maternal era considerado como um elemento chave na profissão.

As primeiras moças contratadas deveriam ser solteiras, não terem filhos, obedecer a um padrão de peso e altura, porém possuiam salários muito baixos.

A ideia fez muito sucesso, pois as mulheres a bordo passavam segurança aos passageiros, já que a mulher era consideradas uma figura de fragilidade, e tendo mulheres trabalhando a bordo passava a ideia aos viajantes de que o avião não era tão perigoso quanto pensavam.

Devido a Segunda Guerra Mundial, as enfermeiras foram convocadas para os campos de batalha, as companhias aéreas então começaram a colocar mulheres de nível superior a bordo, contudo sem perder o charme e a elegância, já que essa profissão representaria a empresa.

A profissão popularizou-se e perdeu o símbolo sensual que possuia, foi então que surgiu o “aeromoço”, já que as funções do comissário aumentaram devido ao aumento do fluxo de passageiros, o que exigia mais do profissional.   A partir do momento em que o passageiro entra no avião, a sua segurança e conforto são de responsabilidade do comissário de bordo.

O comissário demonstra os procedimentos de emergência adoptados pela empresa, faz o serviço de bordo e cuida dos passageiros durante a viagem.

Além disso, o comissário está preparado para trabalhar em horários incomuns. Pelas razões acima, concluí-se que a profissão de comissário de bordo requer um conjunto de características pessoais, físicas e psicológicas diferenciadas.

O comissário de vôo é o profissional que auxilia o comandante da aeronave. Ele é encarregado do cumprimento das normas relativas à segurança e ao atendimento dos passageiros.

 

Fonte: Angop

Foto: Angop

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »