Festival de música em Brazzaville junta músicos de países da SADC

Cantor do Congo Democrático Lokua Kanza (à esquerda) e a peruana Suzana Baca
Cantor do Congo Democrático Lokua Kanza (à esquerda) e a peruana Suzana Baca

O grupo empresarial Termolink promove em Janeiro de 2012 um festival de música na República do Congo Brazzaville, com o objectivo de consolidar e reafirmar os laços de amizade entre os dois povos.
O administrador do grupo, Luís Amaro Pinto de Andrade, disse à Angop que o evento vai ser promovido para aproximar os povos de África, no que concerne ao intercâmbio artístico e cultural.
Por outro lado, referiu que o mesmo é de iniciativa angolana, tendo em conta que o país assumiu este ano a presidência rotativa da Comunidade dos Países da África Austral (SADC), daí a iniciativa para o reforço do intercâmbio cultural.
Segundo adiantou, já existe a confirmação de 18 países africanos e Angola vai ser representada por mais de 70 elementos, designadamente músicos, com maior realce para fazedores de kuduro.
Luís Amaro Pinto de Andrade disse que a primeira edição do festival acontece dia 20 de Janeiro de 2012, em Brazzaville, e a segunda em Luanda, a 11 de Novembro do mesmo ano. Actualmente, está confirmada uma delegação de cerca 47 membros do Congo Democrático, nove moçambicanos, 18 sul-africanos, 24 do zimbabweanos e 48 nigerianos.
“A maioria dos países aceitaram o nosso convite e estamos a finalizar os contratos com os músicos nacionais e dos países do continente e, em termos de aparelhagens, elas sairão de Angola”, sublinhou.
A Termolink, grupo empresarial de direito angolano, está vocacionada para a prestação de serviços de táxi personalizado, saneamento básico, comércio e agências de viagens, além deg agenciamento de músicos e actores.

 

Fonte: Jornal de Angola

Foto: AFP

DEIXE UMA RESPOSTA