Festival de Cinema começa em Novembro

Projecto cinematográfico foi criado para ajudar a desenvolver os cineastas nacionais
Projecto cinematográfico foi criado para ajudar a desenvolver os cineastas nacionais

A quarta edição do Festival Internacional de Cinema (FIC Luanda) decorre, de 18 a 24 de Novembro, no Cine Atlântico, refere, em comunicado, a organização.
A nota refere que o Festival é um momento para realizadores e produtores angolanos e outros intervenientes na área do cinema trocarem informações entre si e com convidados estrangeiros.
Esta edição do festival vai apostar na formação dos profissionais, com a realização de seminários sobre os mais variados temas que contribuem para a produção e realização de conteúdos cinematográficos. O FIC Luanda, sublinha o texto, tem como objectivo incentivar as autoridades e os operadores e agentes a intervirem no relançamento do cinema angolano, nas vertentes de produção, distribuição e exibição.
O FIC Luanda, que se realiza anualmente e teve a primeira edição em 2008, foi criado pelo Decreto Executivo, de 19 de Março daquele ano, do Ministério da Cultura, considerando a importância do cinema e do audiovisual como meio de educação, valorização e preservação da identidade cultural dos povos. No ano passado foram premiadas  no FICLuanda, na competição nacional, “Os inconformados”, melhor longa-metragem de ficção, de Tandu Minguiedy, “O lendário Tio Liceu e os Ngola Ritmos”, melhor documentário, de Jorge António, e “O alambamento”, melhor curta-metragem, de Mário Bastos.
Na competição estrangeira, o FIC 2010 distinguiu a norte-americana Hanna Sidiqi, com o prémio de melhor documentário pelo filme “New Muslim Cool”, os portugueses Zara Pinto, com a melhor curta-metragem, com “Romeu e Julieta”, e João Ribeiro, com o galardão de melhor longa-metragem, por “O último Voo do Flamingo”.
No festival foram homenageados, pelo seu contributo no desenvolvimento do cinema nacional, os realizadores Leonel Efe, Zézé Gamboa, Óscar Gil, Maria João Ganga e Manuel Mariano.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA