Federação distingue figuras

Oliveira Gonçalves vê trabalho reconhecido
Oliveira Gonçalves vê trabalho reconhecido

O antigo internacional angolano Joaquim Dinis e o ex-seleccionador nacional Oliveira Gonçalves mostraram-se satisfeitos pelo reconhecimento da direcção da Federação Angolana de Futebol (FAF), depois da nomeação como “embaixadores” dos Palancas Negras para os próximos compromissos.
Joaquim Dinis, que já defendeu as cores do 1º de Agosto, ASA, Sport Lisboa e Benfica, Sporting de Portugal, FC do Porto e União de Leiria, considera que o reconhecimento vem coroar a curta carreira que teve no mundo do futebol e que o gesto da federação não deve parar por aqui.
Na sua intervenção, Oliveira Gonçalves disse que nunca teve a oportunidade de trabalhar com a actual direcção, que no princípio do seu mandato pensou nele como seleccionador, por aquilo que fez em prol da equipa nacional.
O antigo seleccionador fez saber que a FAF reuniu com os nomeados para conhecer os eventuais conselhos que podem aos Palancas Negras.
Oliveira Gonçalves revelou ainda que o seleccionador nacional Lito Vidigal já solicitou um encontro, onde em privado os dois vão abordar questões relacionadas com a participação de Angola no Campeonato Africano das Nações (CAN 2012), a ser disputado no Gabão e Guiné Equatorial, de 21 de Janeiro a 12 de Fevereiro.
Quanto ao jogo de confraternização com o Sporting de Portugal, Oliveira Gonçalves defende que os Palancas Negras devem jogar com outras selecções nacionais, mas não desvalorizou a partida com a equipa leonina marcada para o próximo dia 10 de Novembro, no âmbito das comemorações do 36º aniversário da independência de Angola.
“Se o Sporting vier na sua força máxima, com a melhor da sua ‘nata’ de jogadores, de certeza que vai servir para dar outro traquejo à selecção de todos nós e esperamos que o combinado nacional saiba dar resposta à altura tal como tem feito até agora”, disse Oliveira Gonçalves.

Além de Joaquim Dinis e Oliveira Gonçalves, que levou pela primeira vez Angola ao Mundial de futebol, em 2006, na Alemanha, e atingiu os quartos-de-final do CAN 2008 no Gana, foram nomeados o técnico Mário Calado (vencedor de uma taça COSAFA) e os ex-jogadores Jesus, Akwá e Mantorras. A cerimónia oficial aconteceno final da partida entre os Palancas e o Sporting de Portugal.

Armindo Pereira

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Kindala Manuel

DEIXE UMA RESPOSTA