Escola de mergulho nasce em Angola

Fernando Fernandes ( à esquerda) director-geral da Octopus é felicitado
Fernando Fernandes ( à esquerda) director-geral da Octopus é felicitado

Angola conta desde sábado com a primeira escola de mergulhadores. Está localizada na Ilha de Luanda e pertence à empresa Octopus, que na fase inicial vai formar mergulhadores de recreação. Fernando Fernandes, director geral da Octopus, garantiu que para a além da componente de formação os participantes ao curso beneficiam de um certificado internacional que lhes possibilita mergulhar em qualquer centro a nível mundial. O curso comporta duas componentes, a teórica e a prática, sendo esta última de maior relevância dada a sua particularidade. As práticas são em águas confinadas como piscinas para possibilitar aos formandos adaptar-se às matérias como as garrafas de mergulho, coletes, máscaras, tubos, barbatanas entre outras. Todos estes materiais são dados de forma grátis, de acordo o director-geral da Octopus, que garante existir uma embarcação para suportar as aulas práticas em alto mar. O curso de mergulhador profissional é o segundo módulo a ser implementado e engloba trabalhos subaquáticos como cortes e soldaduras, em navios de resgate de barcos. Ainda ontem foi aberta a loja de suporte para os amantes do mar. Para além de material de mergulho recreativo estão disponíveis na loja materiais para a caça submarina e natação. Para os próximos meses a Octopus coloca no mercado uma linha completa de desportos para o Verão, tais como cuecas, luvas, chinelas, óculos, tudo para a actividade náutica.

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Dombele Bernardo

DEIXE UMA RESPOSTA