Empresários franceses visitam Angola para o reforço de parcerias comerciais

Nos últimos anos o sector fafril do país tem contribuído de forma significativa no desenvolvimento da economia angolana
Nos últimos anos o sector fafril do país tem contribuído de forma significativa no desenvolvimento da economia angolana

Uma delegação multi-sectorial do MEDEF Internacional, a associação patronal que representa os dirigentes das principais empresas francesas, inicia hoje uma visita a Angola, com o objectivo de manter encontros de trabalho com os Ministérios do Planeamento, Finanças, Transportes, Indústria, Energia, Petróleos e Comércio.
A efectivação de um seminário dedicado à economia angolana e suas oportunidades de investimento, que vai consolidar aos empresários franceses pormenores sobre as grandes linhas do novo quadro legislativo em matéria de investimentos, bem como esclarecer alguns aspectos do processo administrativo de investimento em Angola e as actuais oportunidades do mercado, pode assegurar um novo quadro nas relações comerciais entre os dois países.
No referido seminário são esperadas contribuições da Agência Nacional de Investimento Privado (ANIP), do Banco Nacional de Angola (BNA) da Associação Industrial de Angola (AIA) da Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA), de alguns operadores económicos nacionais, como a Sonangol, ENE, EDEL, EPAL, Angola Telecom e de organismos multilaterais de financiamento internacional, como o Banco Mundial, Fundo Monetário Internacional, Banco Africano de Desenvolvimento e União Europeia. A presente visita da missão do MEDEF Internacional, organizada pelo Serviço Económico da Embaixada de França em Angola, pode reafirmar o desejo das autoridades francesas de reforçar a sua participação no desenvolvimento económico angolano, mediante a criação de novas empresas e parcerias comerciais, em prol da diversificação da economia interna.
Esse contacto empresarial francês com os principais sectores da economia angolana é encabeçado pelo presidente do comité África do MEDEF Internacional, Patrick Lucas, e presenciado por representantes de cerca de 25 empresas e organismos de diversos sectores de actividade franceses interessados no investimento em Angola.

 

Armando Estrela

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA