Chivukuvuku define futuro político em Novembro

Abel Chivukuvuku
Abel Chivukuvuku

Abel Chivukuvuku deverá definir o seu futuro político no mês de Novembro, anunciou aquele político em curtas declarações aos meios de comunicação social, no final da cerimónia de encerramento da 1ª Conferência Política do BD, onde esteve presente a título individual.

Abel Chivukuvuku lembrou que já anunciou na passada sexta-feira, numa entrevista concedida a uma rádio da capital, que em tempo oportuno dirá a sua agenda política para o país, bem como o que pensa que deverá ser o rumo de Angola nos próximos tempos.

O político, que ambiciona a presidência da UNITA, fez este anúncio quando lhe foi colocada a questão da possibilidade de figurar como cabeça de lista do BD nas próximas eleições.

O membro da Comissão Política da UNITA comentou sobre a suspensão que lhe foi aplicada pela direcção da UNITA, dizendo que esta lhe foi imposta de maneira “injusta, ilegal e anti-estatutária”. A suspensão que impende sobre Abel Chivukukuvu é apontada como um factor impeditivo de concorrer para a presidência da UNITA.

Considera, por outro lado, que em linhas gerais o discurso do Chefe de Estado na abertura da nova legislatura ficou aquém das expectativas e das esperanças dos angolanos, argumentando que “basta concluir que as ideias impõem-se pelo impacto que elas têm na vida das pessoas. Não é preciso fazer passeatas, fazer comícios, quando essas ideias encontram ressonância nos problemas de cada cidadão.” O congresso da UNITA está marcado para acontecer entre os dias 13 e 16 de Dezembro próximo e Isaías Samakuva já afirmou a intenção de concorrer à sua própria sucessão, esperando que outros candidatos que pretendam pleitear com ele a presidência do partido o façam nos próximos tempos.

Valdimiro Dias
Fonte: O País
Foto: VOA

DEIXE UMA RESPOSTA