Cantores devem aprender a utilizar os instrumentos

Percussionista Massano Júnior
Percussionista Massano Júnior

O cantor Massano Júnior afirmou recentemente, em Luanda, que tocar um instrumento musical constitui um exercício salutar por parte dos vocalistas e compositores.
O músico, que fez esta declaração à Angop no decorrer do Top dos Mais Queridos, referiu que um vocalista deve saber tocar, principalmente, guitarra, porque isso dá outro desenvolvimento à sua actividade criativa.
Homenageado na 21ª edição do Top dos Mais Queridos, organizado dia 1 pela Rádio Nacional de Angola, Massano Júnior é um dos percussionistas angolanos polivalente.
“Na geração actual é um pouco difícil encontrar vocalistas que também toquem algum instrumento musical. Eles socorrem-se normalmente das bandas. Mas há cantores que fazem bons acordes”, disse, acrescentando que tem passado a sua experiência à nova vaga de criadores, como Caló Pascoal, que interpretou uma das suas músicas com o título “Meninos de Hoje”.
“Há esta relação com a antiga geração, porque os jovens músicos começam a despertar para as raízes, embora a música sofra a sua natural influência. Acho que podemos, assim, criar novos desenvolvimentos na música tradicional e projectá-la para a modernidade”, salientou.
O guitarrista Moreira Filho, vocalista da Banda Maravilha, corroborou a opinião, considerando ser importante que se dê mais valor às raízes musicais angolanas, entre as quais o semba é a tónica dominante. Do seu ponto de vista, é imprescindível que se preserve aquilo que identifica Angola musicalmente, apesar dos artistas cantarem e tocarem, também, outros estilos.  “Hoje já se nota que as pessoas começam a gostar da música de cariz nacional, razão pela qual a nossa banda esteve entre os 10 Mais Queridos”, frisou.
Moreira Filho disse ter muita vontade de transmitir a sua experiência aos mais novos, e que isso aconteceu com a entrada de três jovens: Micael Ramiros (pianista), Isaú (guitarrista) e Mix (saxofonista), no conjunto de artistas que formam a Banda Maravilha.

 

Fonte: Jornel de Angola

Fotografia: Mota Ambrósio

DEIXE UMA RESPOSTA