Campeãs em noite de gala

"Meninas de ouro" fizeram a fotografia da família com membros do Governo de Luanda
"Meninas de ouro" fizeram a fotografia da família com membros do Governo de Luanda

As jogadoras da Selecção Nacional de Basquetebol Sénior Feminina que conquistou recentemente o título inédito no Campeonato Africano das Nações, Afrobasket 2011, no Mali, voltam a ser homenageadas pelo Governo Central, durante uma gala, agendada para hoje, às 19h00, no Cine Tropical.
Ontem foi a vez do Governo Provincial de Luanda (GPL) reconhecer o feito das campeãs africanas, no acto que decorreu no Salão Nobre, onde além do governador interino, Graciano Domingos, estiveram presentes a vice-governadora para área Política e Social, Jovelina Imperial, o vice-ministro da Juventude e Desportos, Albino da Conceição, e administradores municipais e comunais.
Cada uma das jogadoras e membro da comitiva angolana recebeu um ramo de flores, uma estatueta artesanal. No final houve um almoço de confraternização, com a presença de todos os membros do pelouro de Graciano Domingos.
Na sua intervenção, o governador disse que a cidade de Luanda se orgulha por receber no Salão Nobre, onde tomou posse o primeiro Governo de Angola, chefiado pelo saudoso presidente António Agostinho Neto, concretizando o sonho de milhares de angolanos que lutaram pela Independência Nacional.
Graciano Domingos realçou que Luanda deseja as maiores felicidades às campeãs africanas, corpo técnico, dirigentes federativos e todos aqueles que tornaram possível o sonho de Angola.
“Esta conquista deve servir de lição a toda juventude angolana, ­enquanto protagonista da mudança positiva, pois o país só agradece a quem o faz bem e constrói um legado para as gerações vindouras. Para a felicidade de todos os angolanos, a conquista do ouro e o troféu que Luanda conheceu no dia da chegada ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, é o coroar de todo o esforço, entrega e preserverança de uma juventude que sempre esteve na vanguarda das mudanças que o nosso país conhece”, frisou o governador.
A capitã, Nacissela Maurício, em nome do grupo, agradeceu o reconhecimento do Governo e seus munícipes, pela recepção a que foram brindadas à chegada, na quarta-feira última. “Os nossos agradecimentos são extensivos ao nosso governo provincial e ao Executivo pelo apoio que tem prestado ao desporto nacional e pelo suporte que tem dado ao basquetebol, em particular, sem esquecer os clubes que garantem a competição e o sustento permanente das atletas”, referiu a melhor jogadora da prova.

Para a comandante provincial da Polícia Nacional, Elizabeth Ranque Franque, a singela homenagem do GPL é uma forma de acarinhar as jogadoras, pelo feito “brilhante” para o orgulho de todas as mulheres angolanas, na luta para sua emancipação.
Depois de ter alcançado a terceira posição na edição de 2009, no Madagáscar, e o segundo nos X Jogos Africanos de Maputo, Angola destronou o Senegal e qualificou-se para os Jogos Olímpicos de Londres-2012.

Armindo Pereira

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: José Soares

 

DEIXE UMA RESPOSTA