Brigada instalada no aeroporto de Luanda

Vice-ministro para os Assuntos Eleitorais
Vice-ministro para os Assuntos Eleitorais

Uma brigada de registo eleitoral foi instalada ontem no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda, localizada entre as salas de embarque e do Protocolo do Estado, visando proceder a actualização dos dados e recensear os cidadãos que completam 18 anos até Dezembro..
Em declarações prestadas à Angop, o chefe da referida brigada, Cláudio Alberto, adiantou que a sua equipa de trabalho é composta por cinco elementos e que está aberta ao público.
“Esta brigada não está aqui instalada para atender apenas os funcionários do aeroporto. Todos os cidadãos podem solicitar os nossos serviços para actualizar os seus dados eleitorais, escolhendo o seu local de voto em 2012, tirar uma segunda via do cartão eleitoral ou fazer o registo pela primeira vez”, esclareceu Cláudio Alberto.
Cláudio Alberto disse que a adesão às brigadas de registo noutros pontos da cidade até aqui tem sido normal, com uma média de 240 a 300 cidadãos a serem atendidos diariamente.
Nesta fase, precisou, tem havido maior adesão ao processo dos cidadãos que perderam os seus cartões e pretendem tirar a segunda via, assim como daqueles que querem actualizar os dados eleitorais e escolher os locais de voto.
Cláudio Alberto apelou aos cidadãos, sobretudo os jovens, para aderirem ao processo, cumprindo assim o seu dever cívico.
Por sua vez, Carlos Cruz, funcionário da companhia aérea de bandeira nacional, TAAG, disse que esta iniciativa é bem-vinda e deve ser estendida a outros pontos da cidade e do país.

 Carlos Cruz afirmou que, muitas vezes, os funcionários começam a trabalhar muito cedo e terminam a jornada laboral em horário que já não lhes permite procurar uma brigada eleitoral. “Essa iniciativa deve ser extensiva a outras áreas de bastante concentração populacional, uma vez que as pessoas têm pouco tempo disponível”, disse o funcionário da TAAG.
Amélia Guedes, funcionária pública, louvou a iniciativa da Comissão Executiva para o Processo Eleitoral de instalar brigadas de registo em vários pontos da cidade, frisando que este deve ser o caminho a seguir.
“As pessoas estão empenhadas na resolução dos seus problemas ou no cumprimento da jornada laboral, pelo que levar essas brigadas o mais próximo delas vai, de certeza, contribuir para uma maior adesão ao processo”, disse.
O processo de actualização do registo eleitoral iniciou a 29 Julho último e tem o seu fim previsto para Dezembro deste ano.

 

Fonte: Jornal de Angola

Fotografia: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA