Advogados de William Tonet reclamam contra erros do juiz

A defesa do jornalista e advogado William Tonet interpôs quarta-feira uma Reclamação de Aclaração, face ao que julga terem sido erros cometidos durante o seu julgamento.
A defesa do jornalista e advogado William Tonet interpôs quarta-feira uma Reclamação de Aclaração, face ao que julga terem sido erros cometidos durante o seu julgamento.

A defesa do jornalista e advogado William Tonet interpôs quarta-feira uma Reclamação de Aclaração, face ao que julga terem sido erros cometidos durante o seu julgamento.

Aconteceu que o juíz Manuel Pereira da Silva ditou a pena cumulativa de todos os processos, fixada em um ano de prisão e indemnização no valor de 10 milhões de kwanzas, o equivalente a 100 mil dólares pelo crime de difamação, suspensa por dois anos.

Acabada de ler a sentença, o advogado Tiago Ribeiro inconformado pediu a palavra para declarar, o que viria a ficar registado em acta, a interposição do recurso ao Tribunal Supremo.

O mesmo juiz procedeu ao despacho público, aceitando o recurso, mas ditou para a acta o que textualmente, aqui citamos: “ 1º) O réu no prazo de 5 dias pagar a indemnização; 2º) Deve o réu condenado, cumprir escrupulosamente o Acórdão; 3º) Até que o processo baixe. Passe as competentes guias até os termos finais dos autos.” Estivemos a citar o despacho do juiz, quando respondeu na passada segunda-feira, à interposição do recurso do caso William Tonet, jornalista e proprietário da WT-Mundo Vídeo.

O professor Benja Satula, da Universidade Católica, qualificou de “sui generis” a decisão do juiz.

Resta agora saber quanto tempo o juiz levará a responder à reclamação da defesa apresentada.

 

Por Alexandre Neto | Luanda

Fonte: VOA

Foto: AP

DEIXE UMA RESPOSTA