Voos no Huambo no mês de Agosto

O Aeroporto Albano Machado está, desde Maio, a ser alvo de obras de reabilitação e modernização do terminal de carga e passageiros, e ampliação da pista, para em Agosto voltar a receber voos de aviões de médio e grande porte.
Os responsáveis pelas empresas encarregues da empreitada asseguraram ao Jornal de Angola que as obras decorrem a bom ritmo e que vão cumprir o que lhes foi solicitado pelos responsáveis do Executivo angolano que visitaram a obra no início da semana.
O presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA), Manuel Ceita, afirmou que as características do aeroporto Albano Machado não serão modificadas, mas sim melhoradas, para dar maior comodidade, segurança e conforto aos passageiros que pretenderem viajar para os mais variados pontos de Angola.
O terminal terá capacidade para acolher 600 pessoas por hora, e vai ainda dispor de uma área de lojas e restaurantes.Neste momento, as obras estão em fase de mobilização e desmoronamento das partes que representavam maiores problemas e perigo de degradação.
“Trata-se das redes eléctrica e de água, que estão a ser removidas para dar lugar a uma nova infra-estrutura, no que diz respeito à área de passageiros e de movimento, nas quais se incluem a pista, placa e caminho de circulação”, explicou o PCA da ENANA.
Na pista, está a ser feita uma mistura de solo e pedras para que tenha um grau de compactação forte para receber aviões de médio e grande porte, como é o caso dos boeing 737 – 700 e mesmo do 777, as jóias da coroa da companhia nacional TAAG.
O Jornal de Angola constatou no local que, nesse aspecto, já foram feitos os trabalhos de impregnação da camada de base e colocados os doze centímetros e meio de betão betuminoso.

O homem forte da ENANA explicou ainda que a pista, com uma dimensão de 2.670 e uma largura de 45 metros, será reabilitada na totalidade e alargadas as partes laterais em mais quatro metros e meio.
Por altura da visita de constatação, supervisão e controlo da empreitada, o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, assegurou que os empreiteiros estão a cumprir os prazos acordados, facto que o leva a acreditar que no mês de Agosto o Huambo vai voltar a estar ligado ao resto do país por via aérea. “É um sacrifício por que todos nós estamos a passar, mas valerá a pena, porque o aeroporto Albano Machado, depois de reabilitado, vai seguramente proporcionar mais conforto, segurança e melhor operação aeronáutica, de forma a consentânea com o desenvolvimento que se está a verificar no sector dos transportes em Angola, numa coabitação perfeita entre os sectores dos transportes aéreos, ferroviários, rodoviário e também o marítimo, que brevemente será avançado”, disse o ministro.
Actualmente, os cidadãos com necessidade de viajar de avião usam, como alternativa, o aeroporto da vizinha província do Bié, na cidade do Cuito, a uma hora e meia de distância do centro da cidade do Huambo

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA