Ler Agora:
Vice-presidente do MPLA trabalha no Cunene
Artigo completo 3 minutos de leitura

Vice-presidente do MPLA trabalha no Cunene

Luanda – O vice-presidente do MPLA, Roberto Victor de Almeida, irá deslocar-se nesta semana à província do Cunene, onde vai inteirar-se do funcionamento das distintas estruturas do partido no poder em Angola.

A informação foi prestada hoje, segunda-feira, à Angop, em Luanda, pela directora do Gabinete para a Cidadania e Sociedade Civil do Comité Central do MPLA, Fátima Viegas, que detalhou as actividades que o seu partido vai desenvolver de 13 a 22 do corrente, nas províncias do Cunene e Namibe.

No quadro da sua visita, que inicia na quinta-feira, Roberto de Almeida irá manter encontros com membros da Organização da Mulher Angolana e da Jmpla, bem como autoridades tradicionais e sociedade civil, visando auscultar também a situação actual da região sul do país.

Paralelamente a visita do vice-presidente do partido, o Gabinete para a Cidadania e Sociedade Civil do Comité Central do MPLA irá proceder no Cunene ao lançamento da brochura “Conheça os Símbolos Nacionais”, que visa contribuir para divulgação, respeito e exaltação destes.

Ainda na província, o gabinete vai realizar um workshop sobre o resgate dos valores cívicos e culturais, contributo das autoridades tradicionais, ong’s e associações, no âmbito do programa de educação cívica levado a cabo pelo partido.

O certame será orientado pela directora do gabinete para cidadania e abordará “o papel das autoridades tradicionais, enquanto depositárias dos valores cívicos e sociais” e “a relevância da participação dos projectos comunitários no processo de educação cívica e moral”.

O workshop vai juntar vários actores para discutir, reflectir e trocar conhecimentos sobre a situação actual dos valores cívicos e morais da sociedade angolana e sua dinâmica na família, enquanto célula básica da sociedade.

Analisará o papel e o contributo das autoridades tradicionais, das organizações não governamentais e das associações, no processo da educação cívica, necessária para a construção de uma sociedade mais sã, participativa e harmoniosa, bem como identificar parceiros sociais na implementação do processo de resgate dos valores cívicos e morais.

Fátima Viegas anunciou também que será feito o lançamento da brochura sobre os símbolos nacionais e realizado um workshop sobre o resgate dos valores cívicos e culturais versado ao contributo das autoridades tradicionais, ong’s e associações na província do Namibe, de onde a delegação deverá regressar a Luanda na quarta-feira (22).

Workshop do género já decorreram nas províncias de Luanda, Uíge, Huíla, Cabinda, Kwanza Norte, Malanje, Bié e Moxico, no quadro de um programa de carácter nacional.

Fonte:angop

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »