“Viagem a Cabo Verde” exibido em Nova Iorque

“Viagem a Cabo Verde”, de José Miguel Ribeiro, é um dos 20 filmes feitos por portugueses que participa no primeiro Festival de Cinema de Curtas-Metragens Portuguesas de Nova Iorque.
Depois do ter ganho o Dragão de Prata no Festival de Cinema de Cracóvia e o prémio D. Quixote atribuído pela Federação Internacional da Associação de Cinema, “Viagem a Cabo Verde estreou-se nos Estados Unidos.
As exibições decorreram em simultâneo em Nova Iorque, no Anthology Film Archives, desde quinta-feira, e no Union Square Park (North Pavilion).
Este é o primeiro festival do género, durante o qual também foram exibidos “A Viagem”, de Simão Cayatte, “Vicky and Sam”, de Nuno Rocha, “ “Fotograma 23”, de Victor Santos, “Tejo”, de Henrique Pina Francisco Baptista, “Quando os monstros vão embora”, de Bernardo Gramaxo, “Broken Clouds”, de Yuri Alves, e “M.I.R.I.A.M”, de Vhils x Orelha Negra Collaboration. Na sexta-feira foram apresentados os filmes “Alegoria dos Sentidos”, de Nelson de Castro e Wilson Pereira, “Dream Factory” e “Muzar”, de Pedro Pinto, “A Corrida”, de Rui Madruga e Catarina Carrola, “Sinfonia dos Loucos”, de Vasco Mendes, “Smolik”, de Cristiano Mourato, “O Risco”, de José Pedro Lopes, “Cada mulher é um filme de amor”, de Henrique Bento, “Algo de bom”, de Rui Vieira, “DOC Film”, de Cristovão Peças, “Comando”, de Patrício Faísca e Sonat Duyar, e “Momentos”, de Nuno Rocha.

Fonte: Jornal de Angola

DEIXE UMA RESPOSTA