Trabalho infantil é problema social

O Governo Provincial do Huambo vai continuar a luta contra todos os que insistirem na exploração do trabalho infantil e a agressão física contra menores. Estão em curso acções que visam proteger as crianças de todas as formas de violência, anunciou Loty Nolica, vice-governadora para o sector social e político, durante as jornadas integradas nas comemorações do Dia Internacional da Criança.
Loty Nolica disse que “a sociedade do Planalto Central não deve encarar o Dia Internacional da Criança apenas como mais um dia para encher as crianças de brinquedos, mas acima de tudo deve servir de reflexão aos adultos, na busca de uma sociedade mais saudável para os nossos filhos”.
A vice-governadora do Huambo para o sector social e político acrescentou que “devemos reconhecer que este dia é uma grande satisfação para todas as crianças do mundo, em particular para as da província do Huambo, pelo facto dos Estados membros das Nações Unidas reconhecerem às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social, protecção e direitos. Neste contexto, o Governo Provincial do Huambo executa políticas claras visando o crescimento saudável das nossas crianças”.
Loty Nolica referiu que assegurar e dar uma atenção especial a todos as crianças, tendo em conta a importância das tradições e valores culturais de cada povo, na sua protecção e desenvolvimento harmonioso, constitui uma das apostas e prioridades do Governo Provincial do Huambo, no âmbito dos “11 compromissos” assumidos pelo Executivo.

DEIXE UMA RESPOSTA