Sete mortos em ataque contra sede governo provincial

Baquba, Iraque – Sete pessoas morreram e 17 ficaram feridas nas explosões de dois carros-bomba seguidas por dois atentados suicidas contra a sede do governo de Diyala, a nordeste de Bagdad, nesta terça-feira.

De acordo com o médico Ahmad Alwan, director do hospital local, quatro polícias e três civis morreram nos ataques.
Os ataques atingiram a sede do governo de Diyala, segundo uma fonte das forças de segurança da província.

Helicópteros foram enviados ao local para tentar expulsar os insurgentes, que permaneceram entrincheirados no imóvel por três horas.

Os insurgentes detonaram dois carros-bomba ao lado do muro do complexo para conseguir invadir o local. Dois deles conseguiram entrar no edifício e detonaram os seus explosivos.

Em seguida, dezenas de insurgentes armados invadiram o prédio e fizeram reféns.

A sede do governo Diyala, uma província agrícola, fica em Baquba, 60 quilómetros a nordeste de Bagdad. A maioria da população, 1,5 milhão de habitantes, é de origem sunita, mas a região também conta com xiitas e curdos.

Até 2008 a área foi um reduto da Al-Qaeda, que continua muito activa, apesar dos ataques sofridos. A província é considerada uma das mais violentas do país.

Nas últimas semanas foram encontradas na província diversas valas comuns da época da guerra entre sunitas e xiitas (2006 e 2007).

DEIXE UMA RESPOSTA