Ler Agora:
Seleccionador define princípios
Artigo completo 2 minutos de leitura

Seleccionador define princípios

Reactividade, adaptabilidade, flexibilidade, posicionamento, criatividade e emocionalidade são princípios chave que o seleccionador nacional sénior masculino de basquetebol, Michel Gomez, considera fundamentais para um jogador se tornar completo e render desportivamente o necessário. Para o técnico, cumpridos esses pressupostos o atleta tem condições para auto superar-se e chegar a patamares elevados.
Falando em conferência de imprensa, no anúncio da convocatória dos 16 pré-seleccionados para a operação Afrobasket, a decorrer em Antananarivo (Madagáscar), o treinador francês, cujo contrato com a Federação Angolana de Basquetebol (FAB) expira em Setembro deste ano, disse já ter identificado a atitude comportamental de alguns jogadores.
“Há jogadores muito disciplinados e com uma grande capacidade de sofrimento para cobrir os erros dos colegas. Defendem com garra, quando estes perdem a bola, e em seguida fazem-na sair para o ataque sem perder tempo. Esse comportamento é de louvar”, reconheceu. O técnico gaulês disse ter convocado um grupo de jogadores talentosos que precisam de ser moldados à sua imagem.
Assumindo um eventual desaire na prova qualificativa para os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, o treinador justificou: “qualquer contratempo que surja a responsabilidade é minha, confiem em mim e em nós. Acreditem. Deposito confiança nestes atletas e pretendo escolher os mais voluntariosos, sobretudo na compensação defensiva”, garantiu.
No encontro, Michel Gomez assumiu o gosto que tem por determinadas posições, nomeadamente o sector de base e de extremos.
“Em Angola, tendo em conta as observações que fiz, joga-se pouco com os bases e os extremos. Eu gosto de jogadas em que participem activamente os bases e os extremos. Comigo, os 12 jogadores terão oportunidade de jogar. Não faz sentido algum termos um grupo grande e utilizarmos apenas cinco a sete atletas”, sentenciou Michel Gomez, que quer um grupo competitivo.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »