Secretário da Unita destaca trajectória histórica da LIMA

Malanje – O secretário provincial de Malanje da Unita, António Pedro Magalhães, destacou sábado, nesta cidade, a trajectória histórica percorrida pela Liga da Mulher Angolana (LIMA), organização feminina do partido ao longo dos tempos.Falando na abertura das jornadas comemorativas do 39º aniversário da LIMA, a assinalar-se a 18 deste mês, o secretário da Unita precisou que o período de existência dessa formação, representa longos e tortuosos caminhos percorridos pelas mulheres militantes da Unita, que lado a lado com os homens participaram na luta contra o colonialismo português e no combate pela democratização do país.
Reconheceu por outro lado os esforços consentidos pela LIMA, na conquista das suas aspirações, pelo que felicitou a organização pelo seu empenho e encorajou as mulheres no sentido de trabalharem para combater a fome e a pobreza que enferma muitos angolanos.
Acrescentou que a outra tarefa da LIMA prende-se com a mobilização de um maior número de senhoras para as suas fileiras, sem qualquer distinção de raça, etnia ou condição social, bem como a luta pela erradicação das grandes endemias como o Hiv/Sida, a prostituição infantil, a feitiçaria e fuga à paternidade, tendo como alvo as mulheres zungueiras e as jovens mãe desamparadas.
Por sua vez a presidente da Liga da Mulher Angolana, Conceição Kambamba disse que a organização que dirige tem forjado o combate contra a pobreza nos seios das famílias angolanas.
Conceição Kambamba disse que a LIMA está a lutar contra a corrupção, a exclusão do género, bem como outros aspectos que atentam contra o bem-estar das populações.
Por esse facto, apelou aos membros do partido e da sua organização, a se unirem em torno das eleições gerais de 2012, para firmemente conquistarem o pleito.
A jornada dos 39 anos da criação da LIMA está a ser comemorada sob o lema“ fortaleçamos a família e a democracia para combater a pobreza” e reserva dentre outras actividades, a realização de palestras, doações de sangue e visitas a algumas instituições.
A LIMA foi fundada a 18 de Junho de 1973 na localidade de Massivi, província do Moxico, pelo fundador do partido, Jonas Malheiro Savimbi.

Font: Angop

DEIXE UMA RESPOSTA