Ler Agora:
Rota internacional reforçada com avião comprado à Boeing
Artigo completo 3 minutos de leitura

Rota internacional reforçada com avião comprado à Boeing

O avião de longo curso do tipo 777-300ER, baptizado “Sagrada Esperança”, o primeiro de dois recentemente adquiridos pela companhia aérea nacional de bandeira, TAAG, nos Estados Unidos, chegou ontem à tarde ao país, com uma cerimónia presidida pelo ministro dos Transportes, Augusto Tomás.
Ao aterrar no aeroporto 4 de Fevereiro após um voo directo de cerca 16 horas, o avião, proveniente da base de Everett, em Seattle, onde está localizado o construtor de aeronáutica, foi banhado por jactos de água expelidos por veículos do corpo de bombeiros.
Segundo o ministro dos Transportes, que recebeu simbolicamente as chaves do 777-300 ER, os novos aparelhos vão reforçar a capacidade da TAAG para operar em rotas internacionais, em investimentos que se enquadram no processo de refundação da companhia iniciado há três anos.
Augusto Tomás destacou o empenho do Presidente da República no processo de modernização da companhia, até à aquisição dos novos e sofisticados aparelhos construídos especialmente para Angola. Além disso, agradeceu à banca nacional por se ter juntado ao financiamento que conduziu à aquisição dos dois aparelhos, cujo custo ficou em 375,46 milhões de dólares.
As aeronaves têm capacidade para 293 passageiros distribuídos por três classes, sendo 12 em primeira, 56 em executiva e 225 em económica, e uma autonomia de voo de  14.685  quilómetros, o que corresponde a entre 25 a 26 horas.
O segundo aparelho do mesmo modelo, baptizado de “Welwischia Mirabilis”, está em fase de acabamento e deve ser entregue dentro das próximas três semanas, conforme garantiu o presidente do Conselho de Administração da TAAG, Araújo Pimentel, um dos primeiros passageiros do aparelho na viagem entre Everett e Luanda.   Na ocasião, Araújo Pimentel falou dos progressos e das dificuldades por que a companhia passou nos últimos anos, considerando a aquisição dos “triplo seven” como um ganho para o país. Além do ministro dos Transportes, testemunharam a chegada do aparelho a ministra da Comunicação Social, Carolina Cerqueira, dos Assuntos Parlamentares, Norberto dos Santos, do Planeamento, Ana Dias Lourenço, da Justiça, Guilhermina Prata, dos Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, Kundi Paihama, e o governador de Luanda, José Maria dos Santos. Após o corte da fita, o ministro do Transportes, acompanhado pelo governador de Luanda, foram os primeiros a conhecer o interior da mais nova aquisição da companhia aérea. O governante considerou o aparelho como sendo a “coqueluche” da TAAG.
Pilotado pelos comandantes angolanos Lourenço Neto e Chagas, dois veteranos da transportadora, o “Triplo Seven”, com a matrícula D2-TEG, transportou, no seu primeiro voo, cerca de 40 passageiros.

 

 

 

Fonte: Jornal de Angola

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos com são obrigatórios *

Input your search keywords and press Enter.
Translate »